Mercado abrirá em 2 h 48 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,24
    +0,79 (+1,05%)
     
  • OURO

    1.737,70
    -14,30 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    41.729,05
    -2.087,86 (-4,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.035,59
    -65,93 (-5,99%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.020,04
    -43,36 (-0,61%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.948,00
    -246,75 (-1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2842
    -0,0226 (-0,36%)
     

Nathalie Moellhausen, campeã mundial, cai na primeira rodada da esgrima em Tóquio

·1 minuto de leitura
A brasileira Nathalie Moellhausen (D) duela com a italiana Rossella Fiamingo no torneio de esgrima dos Jogos de Tóquio

A brasileira Nathalie Moellhausen, campeã mundial na modalidade espada na Copa do Mundo de Budapeste-2019, foi eliminada na estreia neste sábado (noite de sexta no Brasil) nos Jogos de Tóquio.

Moellhausen perdeu por 10-9 em um duelo equilibrado com a italiana Rossella Fiamingo, prata nas Oimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

Depois do empate por 9-9 no tempo regulamentar, a esgrimista italiana levou a melhor na prorrogação.

Foi um duelo de estrelas na primeira rodada, que reuniu duas candidatas ao pódio.

Moellhausen, quarta no ranking, estreou contra uma adversária forte porque, apesar de ser medalhista olímpica, Fiamingo ocupa atualmente a 63ª posição no ranking devido às repetidas ausências nas últimas competições.

A eliminação prematura de Moellhausen deixa o Brasil sem nenhuma esperança clara de medalha no início das Olimpíadas.

Italiana de nascimento, Nathalie Moellhausen chegou a ser companheira de equipe de Fiamingo em Londres-2012, quando ainda não tinha se naturalizado brasileira.

Nascida em Milão e residente na França, a esgrimista optou por defender o Brasil a partir de 2014.

A princípio esta foi despedida da brasileira das Olimpíadas, já que havia indicado que seria sua última participação no evento.

dr/psr/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos