Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    44.905,80
    -2.396,05 (-5,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Natalie Portman revela quem foi o único diretor que não foi "bizarro" com ela

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Natalie Portman em cena de "Closer - Perto Demais" (reprodução)
Natalie Portman em cena de "Closer - Perto Demais" (reprodução)

Em recente depoimento, Natalie Portman revelou quem foi o único diretor mais velho que "não foi bizarro" com ela em sua longa e bem-sucedida carreira em Hollywood. A exceção à regra atendia pelo nome de Mike Nichols, cineasta morto em 2014 e responsável por um dos maiores sucessos da carreira da atriz, "Closer - Perto Demais" (2004).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A atriz fez elogios a Nichols em entrevista para a biografia ‘Mike Nichols: A Life’, do jornalista Mark Harris. “Acho que ele era um feminista genuíno. Não havia nada, nada, nada ali além do olhar dele para você como um ser humano criativo, interessante e talentoso. É a melhor e mais rara das qualidades e poucos diretores de sua geração tinham", falou ela sobre "Closer" e a sua personagem, a stripper Alice.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Foi o único homem mais velho que me dirigiu sem jamais ter sido de alguma forma bizarro”, complementou a atriz, que também trabalhou com o diretor estadunidense na peça ‘The Seagull’ (2001), quando tinha 19 anos. “O que ele fez por mim… Deus, eu gostaria de ter a habilidade para oferecer esse mesmo tipo de mentoria e orientação para outra pessoa”, afirma Portman, segundo a revista People.

NEW YORK - NOVEMBER 08:Mike Nichols and Natalie Portman arrive at The Opening Night of Mel Brooks New Musical "Young Frankenstein" on Broadway on November 8, 2007 at The Hilton Theater in New York City.  (Photo by Bruce Glikas/FilmMagic)
Mike Nichols e Natalie Portman, em 2007 (Photo by Bruce Glikas/FilmMagic)

Além de "Closer", a sua penúltima obra, Mike Nichols ainda foi responsável por outros grandes filmes. Entre eles, destaca-se o clássico do cinema "A Primeira Noite de Um Homem’ (1967), filme que rendeu um Oscar de Melhor Diretor ao cineasta em 1968 e catapultou a carreira de Dustin Hoffman em Hollywood.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube