Mercado abrirá em 3 h 6 min
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,38
    -0,18 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.810,80
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    37.832,13
    -755,68 (-1,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,63
    -18,81 (-1,99%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.134,55
    +28,83 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.055,75
    +9,50 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1808
    +0,0153 (+0,25%)
     

Nassim taleb publica “livro negro” do Bitcoin: “Não vale nada, se não for Ponzi é mega-Ponzi”

·3 minuto de leitura
Taleb Bitcoin black paper
Taleb Bitcoin black paper

Nassim Taleb, o famoso autor do livro “Antifrágil”, publicou um documento chamado “Bitcoin Black Book” onde afirma que o valor do Bitcoin é zero. Taleb diz que o ativo digital não serve como moeda e nem mesmo como reserva de valor – por causa disso, diz ele, se o Bitcoin não for um esquema Ponzi então deve ser um ‘mega-Ponzi’.

Taleb já investiu em Bitcoin, mas desde meados do ano passado ele se tornou obcecado em criticar a criptomoeda e constantemente publica tuites chamando os defensores do Bitcoin de idiotas (#bitdiots), ele também faz previsões apocalípticas sobre o futuro da criptomoeda.

Ele está em uma missão de provar que é o maior hater do Bitcoin do mundo e também o “intelectual nº 1 do Bitcoin” – já que ele publicou um artigo para “provar” o fracasso da moeda digital.

No black Paper intitulado “Bitcoin, moedas e bolhas”, Taleb diz:

“Em sua versão atual, o Bitcoin falhou em satisfazer a noção de ‘moeda sem governo’ e provou que nem mesmo é uma moeda.”

Ele afirma que o Bitcoin não pode nem mesmo ser chamado de reserva de valor de curto ou longo prazo.

“Ouro e outros metais preciosos são amplamente livres de manutenção, não se degradam em um horizonte histórico e não requerem manutenção para atualizar suas propriedades físicas ao longo do tempo. As criptomoedas requerem uma quantidade sustentada de interesse nelas.” – Diz Taleb.

Bitcoin Black Paper
Bitcoin Black Paper

Taleb odeia o Bitcoin

Ao que parece, o objetivo do artigo é tentar convencer o mundo que o Bitcoin não funciona, é ruim, é mau e moralmente questionável.

Taleb está gritando com raiva para o mundo que quem acredita no Bitcoin é “tolo”, e ao publicar um artigo ele quer que as pessoas vejam como ele é muito mais “inteligente” do que elas.

Mas isso importa?

Embora o renomado autor tenha um artigo que vale a pena ser lido, muitos especialistas encontraram vários argumentos falhos e baseados em imprecisões.

Mas a julgar pelas respostas que ele tem dado no Twitter, Taleb não é muito educado e se recusa a ter uma discussão de alto nível ou mesmo ouvir uma opinião contrária.

Taleb vive ofendendo defensores do Bitcoin no Twitter e até mesmo já atacou um economista brasileiro.

“Ouça, seu idiota fudi##. Vá escrever sua própria refutação. A única coisa que seu cérebro de ameba faz é em assediar multidões, hostilizar pessoas inocentes que têm uma opinião diferente, forçando-as a encerrar suas contas no Twitter. Portanto, fique quieto e mantenha a boca fechada.” – Respondeu Taleb, mostrando o tipo de pessoa que ele é ao responder um seguidor que apontou um erro em seu artigo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

“Bitcoin não vale nada”

Taleb argumenta em seu artigo que as transações do Bitcoin são “consideravelmente” mais caras do que as transferências eletrônicas, por exemplo, ou mesmo que outras criptomoedas, ao mesmo tempo em que são “ordens de magnitudes mais lentas do que os sistemas comerciais padrão usados ​​por empresas de cartão de crédito”.

Sobre isso, a comunidade respondeu que não é verdade, já que existem soluções de segunda camada, como a Lightning Network, que resolve este ponto.

A resposta, no entanto, foi considerada por Taleb como “idiota”.

Para Taleb, o Bitcoin vale zero porque não gera “dividendos”

“Bitcoin vale zero por diversos motivo”, diz o artigo, acrescentando: “Quando não há dividendos, como acontece com as empresas, ainda há uma expectativa de ganhos futuros, e uma futura recompensa esperada aos acionistas – diretamente por meio de dividendos, ou indiretamente por meio de diluições de reversas e recompras.”

“Devido à ausência de qualquer rendimento beneficiando o detentor do bitcoin, se esperarmos que, em qualquer momento no futuro, o valor será zero quando os mineradores forem extintos, a tecnologia se tornar obsoleta, ou as gerações futuras investirem em outros “ativos” e o bitcoin perder utilidade para eles, então o valor agora é zero.”

Mega-Ponzi

Taleb também publicou um vídeo no Youtube explicando seu artigo, ao final do vídeo de quase 14 minutos ele chega a conclusão que o Bitcoin não é uma moeda e, portanto, deve ser um Ponzi, se não for um Ponzi, diz ele, então um novo termo deve ser criado, o “Mega-Ponzi”.

“Não é uma moeda, não é uma reserva de valor, se não for um Ponzi, então tem que ser alguma outra coisa, talvez um novo termo precisa ser criado, Mega-Ponzi”

No geral, o artigo de Taleb é uma discussão superficial de alguns dos aspectos do Bitcoin que ele considera como problemáticos. Mas os argumentos são fracos e imprecisos.

Esta é uma mudança dramática de sua posição em 2017, quando Taleb escreveu o prefácio do livro do economista e educador Dr. Saifedean Ammous: “O Padrão Bitcoin”.

O livro forneceu um ‘contexto histórico para a ascensão do Bitcoin’ e discute suas possíveis implicações. Taleb defendia o uso do bitcoin como moeda.

O vídeo de Taleb falando sobre o artigo pode ser visto abaixo com legendas em inglês.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos