Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.946,36
    +21,98 (+0,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Wall Street sobe com impulso da Apple superando o desânimo da Amazon

Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street

Por Amruta Khandekar e Shreyashi Sanyal e Sruthi Shankar

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam nesta sexta-feira, com um salto nas ações da Apple após resultados positivos fornecendo impulso suficiente para superar um alerta da Amazon.com.

As ações da Apple Inc subiam 6,2%, já que os resultados do quarto trimestre da fabricante do iPhone mostraram alguma resiliência, embora a empresa tenha alertado que o crescimento da receita pode sofrer alguma pressão no trimestre de dezembro.

A Amazon.com Inc se juntou a outras grandes empresas de tecnologia que decepcionaram os investidores nesta semana ao prever uma desaceleração no crescimento das vendas para a temporada de festas, em meio ao impacto no poder de compra dos consumidores. As ações caíam 10,7%.

Ações de outras empresas de tecnologia de megacapitalização, como a Microsoft , Meta Platforms Inc e Alphabet, dona do Google, que relataram balanços corporativos pessimistas nesta semana, estavam sendo negociadas em alta.

Os balanços das grandes empresas de tecnologia são vistos como um grande teste da força corporativa norte-americana diante da inflação mais alta em décadas, com apenas o relatório da Apple sendo percebido como resultado positivo.

O Bank of America Global Research disse que os investidores aproveitaram a recente liquidação das ações de tecnologia dos Estados Unidos nesta semana para comprar ações, apesar de sua vulnerabilidade a juros mais altos.

Às 12:14 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,90%, a 32.642,31 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,56%, a 3.866,66 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 1,66%, a 10.971,93 pontos.

(Reportagem de Amruta Khandekar e Shreyashi Sanyal em Bengaluru; Reportagem adicional de Sruthi Shankar)