Mercado abrirá em 1 h 31 min

Nascimento do filho e 10 anos de carreira: Renato Moicano quer festa no UFC Brasília

Renato Moicano sonha com vaga no UFC Brasília (Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images)

Um dos maiores nomes de Brasília a chegar ao UFC, Renato Moicano está de olho no evento programado para o dia 14 de março na capital federal. E tem motivos de sobra para pedir vaga no UFC Brasília.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Buscando a volta por cima após ser nocauteado por José Aldo e “Zumbi Coreano” este ano, Moicano decidiu subir para a categoria dos leves (70kg) para seu próximo compromisso na franquia, e vive a ansiedade da chegada do primeiro filho, Isaac, às vésperas do evento em sua cidade natal.

“Meu filho nasce no final de fevereiro, semanas antes do UFC Brasília, então vou estar muito motivado”, Moicano contou ao blog. “Quero lutar na minha cidade”.

Leia também:

Outro detalhe especial que envolve a data do evento, que nem mesmo o atleta se atentou, é que o card acontecerá seis dias antes do aniversário de 10 anos da estreia de Moicano, que aconteceu em março de 2010. Na ocasião, Moicano finalizou Alexandre “Capitão” para dar início à sequência invicta de nove lutas que o levou até o UFC em menos de cinco anos.

Leia tudo sobre MMA e lutas no Yahoo Esportes

“Vai ser um sonho realizado”, conta o atleta. “Eu ainda não estava no UFC quando teve o primeiro evento em Brasília. Eu lutaria o segundo, mas tive uma lesão, então nada melhor que comemorarmos o aniversário da carreira de MMA nesse terceiro. Dez anos de muita dedicação e amor ao esporte, e mais um motivo para lutar lá”.

Casado com a modelo e lutadora Priscila Van Der Broocke, Moicano não teria a familia ao lado em Brasília no momento do combate. Priscila, que venceu por nocaute em sua única luta de MMA em 2017, convenceu Moicano a ter o filho nos Estados Unidos, onde moram, em vez de Brasília, cidade natal de ambos.

“Eu queria que nascesse no Brasil, mas minha esposa preferiu que ele nascesse nos Estados Unidos”, conta Moicano. “Eu entendo totalmente. Ele vai ser brasileiro e americano. A gente não pode perder a oportunidade de dar a ele a possibilidade de escolher onde vai morar quando for mais velho. Por isso até a Priscila não vai poder ir para a minha luta, mas a gente vai fazer essa força e vai dar tudo certo”.

O UFC Brasília ainda não foi anunciado oficialmente pela organização, mas já tem duas lutas encaminhadas. Pelo peso palha (52kg), Amanda Ribas mede forças com a norte-americana Paige VanZant, enquanto Antonio “Cara de Sapato” duela com o peso-médio (84kg) Brad Tavares.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter