Mercado fechará em 3 h 42 min
  • BOVESPA

    112.902,42
    -129,55 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.639,03
    +0,67 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,88
    -2,53 (-2,83%)
     
  • OURO

    1.788,00
    -10,10 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    23.881,37
    -348,70 (-1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    568,41
    -3,51 (-0,61%)
     
  • S&P500

    4.311,79
    +14,65 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    34.165,40
    +252,96 (+0,75%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,34 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.668,25
    -13,00 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2274
    +0,0489 (+0,94%)
     

Telescópio James Webb é lançado ao espaço e faz revolução astronômica

·1 min de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • O Telescópio James Webb, da NASA, foi lançado em direção ao espaço na manhã deste sábado (25);

  • A decolagem começou às 9h20, no horário de Brasília, da sua base de lançamento na Guiana Francesa;

  • Durante 13 dias de viagem, o instrumento de 6,3 toneladas se desdobrará até chegar ao tamanho de uma quadra de tênis.

Chegou o momento de se dar um novo passo na história da astronomia. O Telescópio Espacial James Webb, da NASA, foi lançado em direção ao espaço na manhã deste sábado (25), da Guiana Francesa.

O poderoso telescópio infravermelho, que a instituição afirma ser o principal observatório de ciências espacial dos próximos anos, foi lançado ao espaço dentro de um compartimento cargueiro em um foguete Ariane 5.

O instrumento, um objeto nunca antes visto na história, custou cerca US$ 9 bilhões na sua elaboração, ou seja, R$ 51 bilhões na cotação atual.

Leia também:

A decolagem começou às 9h20, pelo horário de Brasília, da base de lançamento tropical da Agência Espacial Europeia (ESA), na Guiana Francesa.

Dotado de 6,3 toneladas, o telescópio será lançado do foguete após uma viagem de 26 minutos até o espaço.

Daí em diante, o plano é que objeto se expanda até chegar ao tamanho próximo de quadra de tênis durante 13 dias de navegação.

O instrumento chegará ao seu destino na órbita solar em 30 dias, em uma distância da Terra de 1,6 milhões de quilômetros, ou seja, quatro vezes mais longe do que a lua.

O Telescópio Webb conseguirá ver o cosmos no espectro vermelho, o que permitirá enxergar por meio de nuvens de gás e poeira, nas quais as estrelas estão nascendo.

O nome do instrumento é uma homenagem ao homem que supervisionou a NASA durante grande parte dos anos 1960, período de formação da instituição.

Com informações da CNN News.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos