Mercado abrirá em 3 mins
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,10
    -0,91 (-1,02%)
     
  • OURO

    1.798,30
    +7,10 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    24.131,98
    +1.022,63 (+4,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    563,94
    +28,71 (+5,36%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.488,18
    +48,44 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.323,25
    +94,50 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2203
    -0,0463 (-0,88%)
     

NASA seleciona três datas para lançamento da Artemis I

A NASA anunciou nesta quarta-feira (20) três possíveis datas para o lançamento da primeira missão do programa Artemis, que visa colocar novamente seres humanos na superfície da Lua.

Elas são 29 de agosto, 2 de setembro e 5 de setembro. Porém, a decisão final depende de reparos e ajustes no Space Launch System (SLS), o imenso foguete que impulsionará a cápsula Orion em uma viagem não tripulada de mais de um mês ao redor da Lua e de volta ao nosso planeta.

Segundo Jim Free, administrador adjunto da NASA para sistemas de exploração, estas datas não estão escritas em pedra, mas "são aquelas rumo às quais a equipe está trabalhando, e para as quais tem um plano".

"Mas temos muito trabalho com coisas que ainda temos a fazer, e com as quais provavelmente iremos aprender, incluindo 'close-outs'", disse, se referindo às aprovações de sistemas-chave necessários para o lançamento, voo até a Lua e retorno para uma amerissagem (pouso no Mar) na Terra.

Foguete SLS durante teste de lançamento realizado em junho de 2022. (Imagem: NASA)
Foguete SLS durante teste de lançamento realizado em junho de 2022. (Imagem: NASA)

As três datas representam, cada uma, uma diferente janela de lançamento e duração da missão. Um lançamento em 29 de agosto tem uma janela de duas horas, começando às 10h33 (horário de Brasília) e a cápsula Orion retornaria à Terra 42 dias depois do lançamento, em 10 de outubro.

Em 2 de setembro a janela tem duas horas e começa às 14h48 (horário de Brasília), com retorno da Orion 39 dias depois do lançamento, em 11 de outubro. Por fim, um lançamento em 5 de setembro tem uma janela de 1 hora e meia, começando às 19h12, com retorno 42 dias depois, em 17 de outubro.

A longa duração da missão dá à NASA amplo tempo para avaliar todos os sistemas da Orion em voo. Uma missão tripulada com o mesmo trajeto, como a Artemis II, programada para 2024, teria duração de apenas 10 dias.

A primeira missão tripulada a pousar na Lua será a Artemis III, com lançamento estimado para 2025. Entretanto, documentos internos da NASA divulgados recentemente, bem como atrasos no desenvolvimento de componentes críticos como trajes espaciais, indicam que essa data pode mudar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos