Mercado fechará em 1 h 4 min
  • BOVESPA

    129.894,21
    +453,18 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.148,51
    -137,95 (-0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,93
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.866,60
    -13,00 (-0,69%)
     
  • BTC-USD

    39.717,82
    +2.225,27 (+5,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,55
    +23,71 (+2,45%)
     
  • S&P500

    4.237,76
    -9,68 (-0,23%)
     
  • DOW JONES

    34.258,77
    -220,83 (-0,64%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.066,50
    +72,25 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1426
    -0,0500 (-0,81%)
     

NASA seleciona duas propostas de experimentos com física de fluidos na ISS

·2 minuto de leitura

O Physical Sciences Research Program (“Programa de Pesquisa em Ciências Físicas”, em tradução livre), da NASA, selecionou duas novas propostas para a realização de experimentos científicos na Estação Espacial Internacional (ISS). Os experimentos serão feitos com um novo módulo de ebulição de fluxo do laboratório orbital e darão suporte à pesquisa de transferência de tanque de propelente criogênico no espaço.

As propostas selecionadas vão receber a soma de US$ 2,46 milhões ao longo de cinco anos para desenvolver os projetos, e vêm de duas instituições: uma delas é uma colaboração entre a Universidade de Illinois e o Raytheon Technologies Research Center. A ideia é combinar novas técnicas experimentais de visualização na Terra e na ISS com o uso de simulações computacionais, como uma forma de melhorar nosso entendimento dos processos de resfriamento na Terra e na microgravidade.

Com essas propostas, serão realizadas pesquisas que vão aprimorar o entendimento das tecnologias essenciais para projetos futuros da exploração espacial, como a estação Gateway (Imagem: Reprodução/NASA)
Com essas propostas, serão realizadas pesquisas que vão aprimorar o entendimento das tecnologias essenciais para projetos futuros da exploração espacial, como a estação Gateway (Imagem: Reprodução/NASA)

Já a segunda proposta, originada de uma colaboração entre a Case Western Reserve University, o Glenn Research Center da NASA, e a empresa HX5, visa a condução de experimentos de longa duração na Terra e na microgravidade para produzir uma base de dados ampla de experimentos de resfriamento. Depois, os dados serão usados para a validação de modelos numéricos.

As pesquisas realizadas a partir destas propostas irão contribuir para o desenvolvimento da compreensão do resfriamento fundamental. Trata-se de um processo de resfriamento da linha de transferência entre tanques criogênicos que armazenam propelente, com o uso de técnicas experimentais combinadas e simulações computacionais. Para isso, as pesquisas recebem suporte do programa Physical Sciences Research, que realiza pesquisas fundamentais para realizar descobertas científicas pioneiras, possibilitar a exploração espacial e beneficiar a vida na Terra.

Com o programa, são realizadas pesquisas que investigam as leis fundamentais do universo e como acontecem os fenômenos físicos em microgravidade, além de conduzir pesquisas que contribuam para o entendimento das tecnologias de exploração espacial necessárias para que a humanidade retorne à Lua e vá além.

Os dados e modelagens destas investigações irão melhorar a base de entendimento para o desenvolvimento de novos sistemas de transferência de propelentes criogênicos para tanques, tecnologias essenciais para os futuros planos de exploração espacial da NASA.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: