Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +0,19 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    49.932,15
    +1.384,30 (+2,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,20 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    -11,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Nasa publica imagens espetaculares da chegada de Perseverance a Marte

·2 minuto de leitura

A Nasa publicou imagens nesta sexta-feira (19) mostrando a espetacular descida de seu veículo de exploração Perseverance à superfície de Marte, suspenso por cabos para desacelerá-lo, as primeiras imagens de uma manobra desse tipo.

As fotos em alta resolução mostram os últimos 20 metros da descida, enquanto seus oito motores trabalhavam para desacelerar o dispositivo.

"Pode-se ver a poeira sendo levantada pelos motores do veículo", disse Adam Steltzner, diretor de engenharia do Perseverance, que estimou que a foto captura um momento em que a nave chegou a quase dois metros do solo.

Os três cabos paralelos na imagem são freios mecânicos e uma terceira extremidade curva é uma sonda para transmitir dados da câmera para o dispositivo.

Quando o veículo tocou o solo, os cabos de 6,4 metros foram cortados, permitindo que ele descesse de forma independente.

Enquanto isso, outra imagem publicada, que foi obtida pela sonda MRO, capturou um momento da descida do Perseverance pouco antes do pouso.

Na foto, pode-se ver a proteção da cápsula projetada para entrar na atmosfera e o paraquedas supersônico.

O Perseverance também conseguiu enviar suas primeiras fotos em alta resolução, uma imagem que mostra o interior da cratera de Jezero, onde ficavam um rio e um lago há bilhões de anos, e outra de uma de suas rodas na superfície rochosa de Marte.

"Uma das perguntas que vamos nos fazer primeiro é se essas rochas são vulcânicas ou se originaram de sedimentos", explicou a vice-diretora de projetos científicos da NASA, Katie Stack Morgan.

As rochas vulcânicas têm a particularidade de sua idade poder ser datada com altíssima precisão, uma vez que as amostras sejam trazidas à Terra em uma missão futura, que é promissora do ponto de vista da ciência planetária.

As primeiras imagens que chegaram foram “muito emocionantes, a nossa equipa enlouqueceu”, disse a chefe de sistemas da operação, Pauline Hwang.

“A equipe científica imediatamente começou a olhar para as rochas e a se aproximar para dizer, 'o que é isso?' Não poderia ter sido melhor”, resumiu.

As duas primeiras imagens divulgadas na quinta-feira logo após o pouso da espaçonave em Marte eram fotos em preto e branco de baixa resolução.

Nos próximos dias, a Nasa espera ter mais imagens e vídeos de alta resolução, mas ainda não se sabe se foi capaz de capturar sons de Marte usando os microfones com que o Perseverance está equipado.

Steltzner estimou que esta dúvida pode ser esclarecida no início da próxima semana.

ia-an/gma/jc/mvv