Mercado abrirá em 5 h 30 min
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,53 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,48
    +0,09 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.890,10
    +13,50 (+0,72%)
     
  • BTC-USD

    22.782,67
    -580,16 (-2,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,33
    -13,53 (-2,52%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.179,12
    -481,35 (-2,22%)
     
  • NIKKEI

    27.693,65
    +184,19 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    12.568,50
    -55,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5364
    -0,0021 (-0,04%)
     

NASA perde contato com a espaçonave Orion em meio à missão lunar Artemis 1

NASA perde contato com a espaçonave Orion em meio a missão lunar Artemis 1 (Foto: NASA)
NASA perde contato com a espaçonave Orion em meio a missão lunar Artemis 1 (Foto: NASA)
  • A NASA perdeu o contato com a espaçonave por quase 2 horas na manhã de quarta-feira ;

  • A espaçonave não sofreu efeitos nocivos aparentes, disseram funcionários da NASA.

  • A falha ocorreu enquanto um link entre a cápsula e o conjunto de antenas utilizado na comunicação era reconfigurado;

A NASA perdeu contato inesperadamente com sua cápsula Orion na manhã de quarta-feira (23), por razões que ainda permanecem misteriosas. A interrupção da comunicação durou 1 hora e 47 minutos, mesmo assim a espaçonave não sofreu efeitos nocivos aparentes, disseram funcionários da NASA.

Apesar de ter tido um bom desempenho desde o lançamento da missão lunar Artemis 1 em 16 de novembro , a espaçonave não tripulada apresentou a falha, enquanto um link entre a cápsula e a Deep Space Network - o conjunto de antenas utilizado na comunicação- era reconfigurado.

"A reconfiguração foi conduzida com sucesso várias vezes nos últimos dias, e a equipe está investigando a causa da perda de sinal", escreveram funcionários da NASA em uma breve atualização na quarta-feira .

"A equipe resolveu o problema com uma reconfiguração no lado do solo", acrescentaram. “Os engenheiros estão examinando os dados do evento para ajudar a determinar o que aconteceu, e o oficial de comando e tratamento de dados fará o download dos dados registrados a bordo do Orion durante a interrupção para incluir nessa avaliação”.

A Orion está se preparando para uma manobra crucial: está programado para realizar uma queima de motor na sexta-feira (25 de novembro) que inserirá a cápsula em órbita ao redor da lua. Se tudo correr bem, Orion ficará nessa órbita por cerca de uma semana e depois voltará para a Terra em 1º de dezembro.

A cápsula chegará aqui com um mergulho de pára-quedas no Oceano Pacífico, na costa da Califórnia, em 11 de dezembro.

O Artemis 1 é um cruzeiro radical para a Orion e para o gigantesco Space Lunch System (SLS) da NASA , o foguete mais poderoso a voar com sucesso. A dupla está programada para pilotar astronautas pela primeira vez em 2024 no Artemis 2, que enviará um Orion tripulado ao redor da lua.

O Artemis 3 seguirá mais ou menos um ano depois, pousando astronautas perto do polo sul da lua – o local onde a NASA pretende construir um posto avançado tripulado, um dos principais objetivos de seu programa Artemis .

.