Mercado abrirá em 4 h 37 min
  • BOVESPA

    128.057,22
    -1.202,27 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.202,80
    -376,30 (-0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,70
    -0,34 (-0,48%)
     
  • OURO

    1.792,20
    +17,40 (+0,98%)
     
  • BTC-USD

    37.874,89
    -1.305,33 (-3,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    942,29
    -27,59 (-2,84%)
     
  • S&P500

    4.221,86
    -1,84 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    33.823,45
    -210,22 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.121,65
    -31,78 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.189,50
    +24,00 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9754
    +0,0129 (+0,22%)
     

Nasa fecha parceria para explorar luas oceânicas

·2 minuto de leitura
Nasa fecha parceria para explorar luas oceânicas
Nasa fecha parceria para explorar luas oceânicas

A Nasa firmou parceria com a Woods Hole Oceanographic Institution (WHOI), empresa que explora as profundezas dos oceanos, para desenvolver uma tecnologia capaz de procurar por vida sob os mares das luas de Júpiter e Saturno. Mas primeiro, vão realizar testes em uma expedição a bordo de um navio da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, sigla em inglês).

A expedição acontece com o veículo submarino Orpheus, construído pela WHOI e operado por um software de navegação autônoma do Jet Propulsion Laboratory (JPL), da Nasa. O teste de duas semanas vai do dia 14 ao dia 27 de maio, saindo do Cabo Canaveral, na Flórida, até Norfolk, na Virgínia. A ideia é entender as zonas mais profundas dos oceanos, desafio similar às experiências dos veículos de exploração em outros planetas.

Leia mais:

mini-submarino orpheus
O mini-submarino Orpheus. Imagem: Woods Hole Oceanographic Institution/Evan Kovacs/Marine Imaging Technologies

Para navegar no escuro da zona hadal, a mais de 6 mil metros de profundidade, Orpheus vai usar a tecnologia de navegação relativa do terreno (TRN). Desenvolvida pela Nasa para a missão 2020 para Marte, a TRN ajudou o rover Perseverance a pousar com tranquilidade e guiou o helicóptero Ingenuity nos voos pelo planeta vermelho.

Orpheus tem apenas dois metros de comprimento e pesa 250 quilos, custando US$ 2 milhões (R$ 10,6 milhões, na cotação desta quinta-feira, 13) para ser desenvolvido e construído. Ele vai vagar pelo fundo do oceano fazendo imagens em alta resolução, que combinadas se transformam em um mapa 3D do fundo do mar, em busca de vestígios de vida no caminho.

O mini-submarino é capaz de explorar os mundos aquáticos como Europa, lua de Júpiter, e Encélado, satélite natural de Saturno. Ambas são oceanos globais de água líquida sob uma superfície gelada. A pressão sob essa crosta deve ser similar às encontradas pelo Orpheus na zona hadal. Mas, mesmo com o tamanho pequeno, ele ainda vai precisar diminuir mais para realizar a viagem interplanetária

Via: Space

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos