Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.587,90
    +1.582,68 (+1,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.565,02
    +275,11 (+0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,70
    +0,49 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.843,80
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    29.296,53
    -737,62 (-2,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    652,49
    -20,88 (-3,10%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.808,00
    -70,25 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1525
    -0,0663 (-1,27%)
     

NASA deve focar em coleta de amostras de Marte e missão a Urano, diz relatório

·2 min de leitura

A conclusão da campanha Mars Sample Return, iniciativa conjunta entre a NASA e a Agência Espacial Europeia (ESA) para trazer amostras de Marte, deverá ser a maior prioridade das iniciativas de exploração robótica da agência espacial norte-americana na próxima década. É o que descreve o Origins, Worlds, and Life, A Decadal Strategy for Planetary Science and Astrobiology 2023 - 2032, um relatório que identifica as perguntas mais importantes da ciência planetária e as missões necessárias para respondê-las.

Produzido pela National Academy of Sciences (Academia Nacional de Ciências), o relatório é um documento de 780 páginas que aborda assuntos que vão desde novas missões a Marte e missões tripuladas à Lua, até melhorias na diversidade da força de trabalho e inclusão da infraestrutura necessária, para apoiar a exploração e descoberta científicas. Além de destacar a campanha para o retorno das amostras de Marte à Terra, o relatório recomenda o lançamento de uma missão com orbitador e sonda a Urano.

Esquema de uma missão para coleta de amostras de Marte (Imagem: Reprodução/ESA)
Esquema de uma missão para coleta de amostras de Marte (Imagem: Reprodução/ESA)

Caso haja recursos financeiros suficientes para isso, a missão a Urano seria seguida de outra, que levaria um orbitador e lander (módulo de pouso) com destino à lua Encélado, de Saturno. O relatório destaca também a importância de a NASA manter um ritmo regular de naves de pequeno e médio porte, lançadas a diferente destinos pelo Sistema Solar, e ressalta a importância da finalização do telescópio espacial NEO Surveyor.

De forma geral, as recomendações destacadas no relatório abordam tópicos científicos de alta prioridade em três áreas principais. Uma delas é a formação do nosso sistema solar, e principalmente da Terra, enquanto a outra explora a evolução dos corpos planetários para os objetos diversos observados hoje. Por fim, o último tema é relacionado à vida, abordando as questões relacionadas às condições que levaram a ambientes habitáveis e ao surgimento da vida em nosso mundo.

Segundo o relatório, Urano deve ser o próximo destino de missões da NASA (Imagem: Reprodução/NASA / JPL-Caltech)
Segundo o relatório, Urano deve ser o próximo destino de missões da NASA (Imagem: Reprodução/NASA / JPL-Caltech)

O relatório descreve um programa “recomendado”, com maiores custos, e um de “base”, que considera uma taxa de crescimento anual de 2% sobre o orçamento atual da NASA. Apesar de consistir apenas de recomendações, o relatório é um documento que tem peso importante para o Congresso dos Estados Unidos, a Casa Branca e a própria NASA, e as maiores recomendações de edições anteriores ajudaram a originar grandes missões, como os rovers Curiosity e Perseverance.

Esta nova versão é bastante consistente com o levantamento da última década de ciência planetária, que cobriu os anos de 2013 a 2022. Por outro lado, há uma grande diferença em relação ao outro documento: o novo relatório tem maior foco na defesa planetária, o papel da exploração humana com o programa Artemis e maior ênfase na astrobiologia, somada à busca pela vida.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos