Mercado fechado

NASA busca parceiros para registrar a história do programa lunar Artemis

Danielle Cassita
·2 minuto de leitura

A NASA está empenhada na divulgação e incentivo ao interesse público pelas missões do programa Artemis, que levará astronautas outra vez para a Lua. Assim, nesta quinta-feira (5), a agência publicou um comunicado sobre o lançamento de um Announcement for Proposals ("Anúncio de Propostas"), documento que dá abertura ao recebimento de propostas para parcerias que registrem a história da exploração da Lua por meio do programa, e inspirem o público em todo o mundo. Os interessados podem enviar as propostas para a NASA até 11 de dezembro.

Na publicação, a agência explica que, geralmente, as naves contam com câmeras para suporte técnico e operacional, e essas imagens serão usadas para complementar a cobertura da missão na NASA TV. Então, o anúncio foca em propostas com tecnologias e hardware inovadores, como câmeras ou outros equipamentos que parceiros possam levar na missão para estender a produção de imagens de cada passo das missões. Além disso, as propostas também deverão aumentar o entendimento público do programa Artemis e terem mecanismos de distribuição que alcancem grandes audiências.

A NASA quer desenvolver a presença humana sustentável na Lua com o programa (Imagem: Reprodução/NASA)
A NASA quer desenvolver a presença humana sustentável na Lua com o programa (Imagem: Reprodução/NASA)

Jim Bridenstine, administrador da NASA, comenta que a ideia é buscar parceiros para usar tecnologias avançadas, aplicações de imagens e iniciativas que possam ir além da cobertura padrão da NASA TV. “Queremos capturar a admiração da [era] Apollo para uma nova geração — a Geração Artemis. Assim como as pessoas estavam grudadas na TV há 50 anos para ver os astronautas darem os primeiros passos na Lua, queremos trazer as pessoas para essa nova era de exploração”, finaliza ele.

Para isso, a agência sugere alguns equipamentos, como câmeras de visão de 360º, realidade virtual, compressão avançada de imagens para aumentar a qualidade do conteúdo mesmo em bandas largas limitadas, sistemas 4K e ultra HD, pequenas câmeras portáteis ou outros conceitos que forneçam imagens mais engajadoras, ou que ofereçam uma experiência de visualização personalizada. Além disso, a NASA também está aberta para receber propostas da indústria aeroespacial, organizações não lucrativas e colaborações entre instituições.

O programa Artemis tem cronograma disposto da seguinte forma: a Artemis I, a primeira missão, será um voo não tripulado de testes que irá lançar a nave Orion com o foguete Space Launch System (SLS) para orbitar a Lua e voltar para a Terra no ano que vem. Já na Artemis II, a Orion levará uma tripulação à volta do nosso satélite natural e os trará de volta sem alunissagem, ou seja, sem pouso lunar. Se tudo correr bem, a primeira mulher e o próximo homem devem pousar no polo sul lunar com a missão Artemis III, que deverá ocorrer em 2024.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: