Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.132,65
    -2.297,89 (-2,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.671,41
    +107,14 (+0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,48
    -2,39 (-3,03%)
     
  • OURO

    1.941,40
    -3,90 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    23.081,13
    -102,71 (-0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,88
    +280,20 (+115,46%)
     
  • S&P500

    4.050,25
    -26,35 (-0,65%)
     
  • DOW JONES

    33.715,78
    -370,26 (-1,09%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    -10,59 (-0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.130,00
    -22,00 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5442
    +0,0286 (+0,52%)
     

NASA anuncia nova data para lançar missão Crew-6 à ISS

O lançamento da missão Crew-6, que levará quatro astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), foi adiado e não acontecerá antes de 26 de fevereiro. As informações vêm de um comunicado da NASA publicado nesta sexta-feira (20).

A missão será lançada do Centro Espacial Kenedy, na Flórida, levando Stephen Bowen e Woody Hoburg, ambos astronautas da NASA. Eles estarão acompanhados de Al Neyadi, dos Emirados Árabes Unidos, e do cosmonauta Andrey Fedyaev. A tripulação irá viajar a bordo da cápsula Crew Dragon apelidada de "Endeavour".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Bowen será o comandante e estará em seu quarto voo espacial; ele já havia servido em três missões dos ônibus espaciais e somou mais de 40 dias no espaço. Já Hobug servirá como piloto, e estará em seu primeiro voo espacial desde quando foi selecionado para o treinamento de astronauta, em 2017.

Alneyadi representará o Centro Espacial Mohammed bin Rashid dos Emirados Árabes, e estará em sua primeira viagem no espaço. Ele será o especialista da missão na Crew-6, mas quando chegar à estação, irá atuar como engenheiro de voo. Por fim, Fedyaev estará também em sua primeira missão espacial, servindo como especialista de missão da Crew-6.

A participação de Fedyaev na missão é resultado de um acordo firmado entre a NASA e a Roscosmos, a agência espacial russa. Já o de Al Neyadi veio por meio de um contrato firmado entre a NASA e a Axiom Space, empresa responsável pela missão Ax-1. Esta será a sexta missão operacional realizada pela SpaceX, sendo também a nona missão orbital da empresa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: