Mercado fechará em 3 h 47 min
  • BOVESPA

    103.600,73
    +2.826,16 (+2,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.495,05
    +487,89 (+0,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,31
    -0,26 (-0,40%)
     
  • OURO

    1.769,80
    -14,50 (-0,81%)
     
  • BTC-USD

    57.054,66
    -1.465,56 (-2,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.457,10
    +18,22 (+1,27%)
     
  • S&P500

    4.550,58
    +37,54 (+0,83%)
     
  • DOW JONES

    34.431,98
    +409,94 (+1,20%)
     
  • FTSE

    7.126,75
    -41,93 (-0,58%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.017,50
    +147,75 (+0,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3838
    -0,0630 (-0,98%)
     

NASA adia de novo lançamento da Crew-3; astronautas da Crew-2 podem voltar antes

·2 min de leitura

A missão Crew-3, que levará um novo quarteto de astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS), estava programada inicialmente para ser lançada no dia 31 de outubro. Entretanto, ela precisou ser adiada duas vezes em função de condições climáticas e da saúde de um dos tripulantes. A última data prevista era o próximo domingo (7), data esta que a NASA precisou adiar, mais uma vez. Ainda não há uma nova data definida para o lançamento e, enquanto a NASA e a SpaceX seguem avaliando novas oportunidades, consideram também priorizar o retorno da missão Crew-2.

A equipe segue monitorando o astronauta que teve problemas de saúde, este que deverá estar recuperado antes de uma nova tentativa de lançamento da Crew-3, o que talvez aconteça somente na próxima semana. Enquanto isso, o retorno da Crew-2 talvez seja priorizado, com a nave Crew Dragon saindo da ISS neste domingo (7) e pousando no oceano na segunda-feira (8), com a tripulação a bordo. Isso, porém, ainda não foi confirmado.

De qualquer forma, é certo o atraso no lançamento da nova turma de astronautas, mas ainda é preciso aguardar se a NASA vai decidir trazer a Crew-2 de volta antes do envio da Crew-3, ou se manterá os astronautas atuais na ISS por mais tempo. Essa escolha depende de fatores variados, como condições climáticas favoráveis, por exemplo — por isso, a agência segue monitorando as condições para a possível tentativa de lançar a Crew-3 na próxima semana, bem como de receber a Crew-2 no mesmo período.

Há grande preocupação relacionada a ventos fortes na plataforma do foguete Falcon 9, somadas a outras condições. “Essas são decisões dinâmicas e complexas que mudam todos os dias”, explicou Steve Stich, gerente do Commercial Crew Program. “O clima em novembro pode ser especialmente desafiador, então o nosso objetivo é seguir com o plano que tenha a maior probabilidade de garantia da missão e de segurança da tripulação”, disse.

Segundo a NASA, a decisão será tomada em breve. Os responsáveis pela missão estão considerando também o período máximo em que as cápsulas da SpaceX podem ficar em órbita antes de apresentarem degradação em seus sistemas. A que está na ISS atualmente já chega a 195 dias no espaço, sendo que esta e as demais da família Dragon foram criadas para passar 210 dias fora da Terra.

Se os oficiais decidirem priorizar o retorno da Crew-2 antes do lançamento da Crew-3, a estação ficará ocupada apenas por um astronauta dos Estados Unidos e outro da Rússia, até que a turma da Crew-3 desembarque por lá.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos