Mercado fechará em 6 h 2 min
  • BOVESPA

    121.919,23
    +1.213,32 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.120,37
    +291,06 (+0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,94
    +1,12 (+1,75%)
     
  • OURO

    1.839,70
    +15,70 (+0,86%)
     
  • BTC-USD

    50.876,89
    +381,68 (+0,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.415,73
    +57,17 (+4,21%)
     
  • S&P500

    4.155,65
    +43,15 (+1,05%)
     
  • DOW JONES

    34.326,89
    +305,44 (+0,90%)
     
  • FTSE

    7.023,83
    +60,50 (+0,87%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.218,50
    +118,25 (+0,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3834
    -0,0291 (-0,45%)
     

"Não me descolo de Bolsonaro", diz Russomanno, em queda nas pesquisas

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Celso Russomanno, candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Republicanos, e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se encontram no aeroporto de Congonhas

Celso Russomanno, candidato do Republicanos à Prefeitura de São Paulo, abafou o aparente distanciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em sua campanha, mesmo associando seu nome e suas propostas ao governo federal.

“Não há nenhuma tentativa de descolar minha imagem à do presidente. O presidente está dentro da minha campanha e não descolo minha imagem da dele. Tenho apoio do presidente Bolsonaro e isso não muda em nenhuma hipótese”, disse Russomanno em entrevista à rádio Jovem Pan.

Leia também

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, Russomanno passou a não citar o presidente em seu horário eleitoral e em jingles em campanha na rua. O candidato e seu marqueteiro, Elsinho Mouco, afirmavam, porém, que a campanha seguia alicerçada em Bolsonaro e que não havia distanciamento. O presidente deve gravar imagens para o programa eleitoral de Russomanno.

Na última quinta-feira (29), em sua live semanal, Bolsonaro mencionou Russomanno entre seus candidatos eleições municipais. O presidente se encontrou com o candidato a prefeito de São Paulo na sexta, no aeroporto de Congonhas.

Russomanno perdeu a liderança nas pesquisas Ibope e Datafolha para Bruno Covas (PSDB), candidato a reeleição. Nos dois institutos, o aliado de Bolsonaro aparece com 20% das intenções de voto. O atual prefeito está com 26% (Ibope) e 23% (Datafolha).

A diferença do candidato do Republicanos para Guilherme Boulos (PSOL) diminuiu para seis pontos, no Datafolha, e sete, no Ibope, embolando a disputa para o segundo turno.