Mercado fechado

Naldo Benny paga fiança após prisão por porte ilegal de arma

1 / 1
Naldo Benny se diz arrependido após ser preso e acusado de agredir esposa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ronaldo Jorge da Silva, mais conhecido como Naldo Benny, 38, foi preso na tarde desta quarta-feira (6) por posse ilegal de arma e por lesão corporal na Freguesia, na zona oeste do Rio. Ele foi levado para delegacia da mulher em Jacarepaguá. O cantor foi liberado após pagar fiança, o valor não foi divulgado.

A Polícia Civil afirmou que o cantor foi preso em flagrante em sua casa ao portar uma pistola calibre 7,65 e quatro munições. A prisão de Naldo Benny foi determinada pela delegada Viviane Costa, da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher).

Segundo a polícia, Naldo responde como autor em inquérito policial por lesão corporal, ameaça e injúria contra sua mulher, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho. Segundo a polícia, a delegada havia determinado mandado de busca e apreensão na casa de Benny.

A reportagem tentou entrar em contato com a assessoria de Naldo Benny e da Mulher Moranguinho, mas não obteve retorno até a publicação do texto.

CARREIRA

O cantor e compositor Naldo Benny iniciou a carreira cantando na igreja evangélica frequentada pela família. Aos 15 anos, ele formou dupla com o irmão mais novo, Lula, e começou a cantar funk.

Com a morte do irmão em 2008, Naldo Benny continuou a carreira e lançou seu primeiro álbum solo "Na Veia". Em 2013, o cantor adotou o nome artístico Naldo Benny que, segundo sua página oficial, significa abençoado em hebraico.

No mesmo ano, Benny se casou com a Mulher Moranguinho. Os dois têm uma filha de três anos.