Mercado abrirá em 9 h 40 min
  • BOVESPA

    116.464,06
    -915,94 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,94 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,72
    +0,11 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.844,60
    -6,30 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    32.198,12
    -194,74 (-0,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    648,49
    +1,16 (+0,18%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.654,01
    +15,16 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    29.361,73
    -29,53 (-0,10%)
     
  • NIKKEI

    28.616,49
    +70,29 (+0,25%)
     
  • NASDAQ

    13.544,50
    +59,00 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5108
    0,0000 (0,00%)
     

Na Turquia, Zagueiro Vitor Hugo chega aos 350 jogos na carreira

LANCE!
·1 minuto de leitura


Nascido em Guaraci, no interior do estado do Paraná, o ainda criança Vitor Hugo sonhava em se tornar jogador de futebol, o que este pequeno sonhador não sabia era que o sonho seria realizado, e não somente isso, mas além de a conquista de grandes títulos, viria a conquista de grandes marcas pessoais.

TABELA
> Veja classificação e simulador da Liga Europa clicando aqui

No último final de semana, Vitor completou 350 jogos como atleta profissional de futebol. Ao todo, o número soma jogos das equipes nas quais Vitor teve passagem: Santo André, Sport, Ituano, Ceará, América Mineiro, Palmeiras, Fiorentina, da Itália e atualmente, Trabzonspor, da Turquia.

Vitor relembrou o início da carreira no Santo André e explica como foi sair de uma Copa São Paulo e ir direto para um vice-campeonato Paulista.

- Minha carreira profissional começou lá em 2010, no Santo André, depois de dois jogos na Copa São Paulo, o treinador do profissional (Sérgio Soares) e sua comissão técnica foram até a cidade que estávamos hospedados e me levaram para Poços de Caldas, onde o time principal fazia a pré-temporada do Paulistão 2010, na qual terminamos como vice-campeão - disse Vitor, antes de falar sobre a sensação de alcançar os 350 jogos como atleta:

- Eu nunca imaginei nem que seria jogador de futebol (risos). Alcançar uma marca dessa é realmente incrível pra mim. Deus foi e é bom demais na minha vida. É uma felicidade muito grande, não sei nem explicar. Sou muito grato a Deus e a todos os treinadores que me ajudaram a chegar nesta incrível marca - concluiu.