Mercado fechará em 1 h 34 min
  • BOVESPA

    105.943,21
    -419,89 (-0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.553,94
    -160,66 (-0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,19
    -0,47 (-0,57%)
     
  • OURO

    1.802,50
    +3,70 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    61.121,38
    +1.991,46 (+3,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.482,97
    +63,59 (+4,48%)
     
  • S&P500

    4.582,88
    +31,20 (+0,69%)
     
  • DOW JONES

    35.638,47
    +147,78 (+0,42%)
     
  • FTSE

    7.249,47
    -3,80 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.715,00
    +127,75 (+0,82%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5566
    +0,1319 (+2,05%)
     

Na Noruega, 77% dos novos carros são elétricos – e a Tesla comemora

·3 minuto de leitura

Líder global na transição para veículos elétricos, a Noruega bateu mais um recorde na venda desses modelos em setembro. A federação norueguesa de estradas (OFV, na sigla local) anunciou que 77,5% de todos os carros novos adquiridos no mês passado foram carros totalmente elétricos.

É o melhor índice de vendagem do setor, que celebra os resultados. E quem tem mais a comemorar é a Tesla, a marca mais procurada. Um ano atrás, o índice havia sido de 61,5%. Já as vendas de carros movidos a combustível fóssil foram de 5,3% em setembro.

A Noruega pretende ser o primeiro país a não ter mais automóveis abastecidos por gasolina e diesel no mundo, meta estabelecida até 2025. Em janeiro, ao fechar os números de 2020, a OFV informou que o país já tinha mais de 50% da nova frota composta por veículos elétricos.

O índice atingido no ano passado foi de 54,3%. Em 2019, a participação tinha ficado em 42,4%. Na ocasião, o modelo mais vendido tinha sido o Audi e-tron. Em seguida vinha o Modelo 3, da Tesla.

Carro elétrico da Tesla modelo 3 (Crédito: Tesla / divulgação)

Agora é a empresa de Elon Musk que se destaca no ranking. Nas vendas de setembro, quem liderou foi outro de seus modelos, o Y, respondendo por 19,8% dos novos emplacamentos. Em seguida veio o Modelo 3, com 12,3%. O terceiro lugar ficou com o Enyaq iV, da Skoda, com 4,4%.

Na Noruega, as vendas dos carros elétricos contam com um ponto fundamental em seu favor. O país isentou esses veículos de impostos para acelerar a transição. Desse modo, os noruegueses parecem caminhar – ou correr – para atingir aquele objetivo de não ter mais à venda carros equipados com motores a combustão.

No entanto, esse ritmo pode sofrer uma queda na velocidade. A política de imposto zero está na mira dos partidos que venceram as eleições parlamentares em setembro. A oposição de esquerda, liderada pelo trabalhista Jonas Gahr Støre, foi a vencedora, junto com os partidos de centro. Eles já prometeram revisar o imposto zero sobre os carros elétricos.

Carro elétrico da Tesla modelo Y (Crédito: Tesla / divulgação)

A ideia é aplicar 25% para automóveis vendidos acima de 600 mil coroas norueguesas (equivalente a US$ 69,3 mil). O Y estaria livre dessa taxação, mas os modelos S e X da Tesla, que custam até 1,3 milhão de coroas, podem ter impostos significativos.

Os partidos de centro e de esquerda alegam que o tempo de subsidiar esses veículos não pode ser eterno. E se justificam dizendo que o dinheiro reforçará o caixa do Estado.

ENQUANTO ISSO, NA TESLA…

A companhia americana tem mais a comemorar do que os resultados na Noruega. Recentemente foram divulgados os dados do trimestre e a Tesla teve um recorde de vendas: 241,3 mil unidades de modelos elétricos, alta de 73% em comparação ao mesmo período em 2020.

As principais vendas foram do modelo 3 ou Y, com 228.882 carros comercializados. Os 8.941 restantes foram do modelo S ou do X. A Tesla tem vendido bem na China. E este ano passou a disponibilizar o modelo Y no mercado europeu – ele foi apresentado pela companhia em março de 2019 nos Estados Unidos.

O post Na Noruega, 77% dos novos carros são elétricos – e a Tesla comemora apareceu primeiro em Fast Company Brasil | O Futuro dos Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos