Mercado fechará em 1 h 22 min
  • BOVESPA

    112.169,89
    +1.966,12 (+1,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.384,39
    +280,00 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,83
    +2,23 (+2,61%)
     
  • OURO

    1.829,00
    -23,50 (-1,27%)
     
  • BTC-USD

    38.182,45
    +962,23 (+2,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    877,23
    +21,41 (+2,50%)
     
  • S&P500

    4.430,96
    +74,51 (+1,71%)
     
  • DOW JONES

    34.682,08
    +384,35 (+1,12%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    24.289,90
    +46,29 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    27.011,33
    -120,01 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    14.489,75
    +349,00 (+2,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1343
    -0,0178 (-0,29%)
     

Na festa do título, Botafogo fica no empate com o Guarani pela Série B

·2 min de leitura
Botafogo levantou a taça da Série B neste domingo (Foto: Vítor Silva/ BFR)


O Guarani até pode ter colocado água no chopp da festa do Botafogo pelo título da Série B do Brasileiro, mas o torcedor alvinegro pareceu não se importar tanto. Na tarde deste domingo, os quase 34 mil presentes no Nilton Santos fizeram muita festa mesmo com o empate em 2 a 2 entre o Glorioso e o Bugre, pela última rodada da competição.

A taça já estava no estádio, assim como a vaga para a Série A, e nada mais importava para o botafoguense, que viu o time terminar na liderança com 70 pontos. Já o time paulista parou nos 60 e não conseguiu o acesso.

Começo nervoso
O primeiro tempo da partida no Nilton Santos não acompanhou o ritmo das arquibancadas do Nilton Santos. Já campeão, o Botafogo não começou bem e demorou a entrar no jogo, deixando o início do duelo monótono e de poucas emoções. Precisando da vitória - e de uma combinação de resultados - o Guarani não conseguiu criar muitas oportunidades e viu sua situação ficar ainda mais complicado após a expulsão de Índio.

Emoção de sobra
Se faltou emoção no primeiro tempo, sobrou na etapa final. Logo no primeiro minuto, Ronaldo Alves aproveitou cruzamento de Andrigo e mandou, de cabeça, para o gol. Mesmo depois de sair atrás, a torcida do Botafogo seguiu cantando e gritando "é campeão", e, com esse apoio, o Glorioso foi para cima e conseguiu a virada em dez minutos. Primeiro, aos 24’, com Marco Antônio e, depois, aos 34’, com Rafael Navarro, de cabeça.

Empate não acaba com a festa
No final, aos 40, o Guarani ainda conseguiu o empate, novamente na bola aérea, com Lucão do Break. Mas nem isso foi suficiente para acabar com a grande festa feita pela torcida alvinegra nas arquibancadas do Nilton Santos, que só esperou o final do jogo para continuar a festa do título da Série B.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 x 2 GUARANI
Local
: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 28/11/2021 - 16h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (FIFA - PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Público/Renda: 33.853 presentes/R$ 1.232.165,00.
Cartões amarelos: Rafael Navarro (BOT), Gabriel Mesquita e Samuel Santos (GUA)
Cartões vermelhos: Índio (GUA)
Gols: Ronaldo Alves (1'/2ºT) (0-1), Marco Antônio (24'/2ºT) (1-1), Rafael Navarro (34’/2ºT) (2-2), Lucão do Break (40’/2ºT)

BOTAFOGO:: Diego Loureiro; Daniel Borges (Rafael, 13'/2ºT), Joel Carli, Kanu e Carlinhos; Luís Oyama, Romildo (Matheus Frizzo, Intervalo) e Chay (Ricardinho, 39’/2ºT); Marco Antônio (Rafael Moura, 39’/2ºT), Warley (Ronald, 13'/2ºT) e Rafael Navarro. Técnico: Enderson Moreira.

GUARANI: Gabriel Mesquita; Samuel Santos, Ronaldo Alves, Thales (Carlão, 30'/2ºT) e Bidu; Bruno Silva, Índio e Andrigo; Pablo (Eduardo Person, 22'/2ºT), Lucão do Break e Júlio César (Renanzinho, 42’/2ºT). Técnico: Daniel Paulista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos