Mercado abrirá em 2 h 38 min
  • BOVESPA

    124.612,03
    -1.391,83 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.910,53
    +12,74 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,28
    +0,63 (+0,88%)
     
  • OURO

    1.799,50
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    40.073,88
    +2.735,20 (+7,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    941,34
    +65,11 (+7,43%)
     
  • S&P500

    4.401,46
    -20,84 (-0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.058,52
    -85,79 (-0,24%)
     
  • FTSE

    7.017,59
    +21,51 (+0,31%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.972,75
    +25,00 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1064
    -0,0020 (-0,03%)
     

Na Austrália, operadora injeta comerciais em SMS de verificação do Google

·2 minuto de leitura
Na Austrália, operadora injeta comerciais em SMS de verificação do Google
Na Austrália, operadora injeta comerciais em SMS de verificação do Google

Parece que o Google deixou passar a inclusão de comerciais até em mensagens de verificação de conta por SMS. Ao menos, é o que expõe o desenvolvedor do app Action Launcher, Chris Lacy, em sua conta no Twitter. Ele explica que, junto a um dado código de verificação remetido pelo serviço de e-mails, utilizado com sucesso (ou seja, não era phishing), foi enviado um anúncio de um provedor de VPN (rede virtual privada).

Ao site 9to5 Google, que reportou primeiramente o episódio, defensores da empresa americana têm culpado uma operadora australiana não-identificada pela injeção de comerciais nos códigos de verificação. A situação, na verdade, fica ainda mais confusa após o Google Mensagens ter classificado a mensagem de texto como spam, aparentemente pela incorporação de texto ofensivo ao código de reconhecimento.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ainda segundo o 9to5 Google, a empresa americana já investiga o incidente, entrando em contato com a operadora responsável pela mensagem SMS. Alguns sites em inglês tentaram replicar o anúncio, mas nenhuma mensagem comercial apareceu no código de verificação do Google. Também não há casos semelhantes relatados por outros usuários na Austrália. Vale lembrar que, no Brasil, a empresa norte-americana avisa que os códigos de verificação por mensagem de texto ou chamada podem ser expostos caso o número de telefone celular seja invadido.

Prevenção contra invasões

Falando em verificação em duas etapas, o Google também anunciou hoje (29/06) que vai exigir dos desenvolvedores na PlayStore que habilitem o método para se prevenir contra apps maliciosos, como o spyware PhantomLance, entre outros malwares. Ao todo, foram excluídas mais de 119 mil contas de desenvolvedores da loja de apps em razão da medida de prevenção, de acordo com a empresa americana.

O Google também tem aconselhado os usuários a evitarem mensagens de texto como método de autenticação. Atualmente, você pode verificar a conta no serviço através de uma chave de segurança física para aumentar a proteção contra phishing ou por meio das tradicionais solicitações do Google.

Via 9to5Google e Android Authority

Imagem: Vladimka Production/Shutterstock

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos