Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.898,12
    +581,06 (+1,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Número de PC gamers usando Linux pode ter aumentado graças ao efeito Steam Deck

·2 minuto de leitura

Bastou anunciar seu novo portátil, que a proporção de gamers que utilizam distribuições Linux aumentou no Steam. De acordo com dados da Pesquisa de Hardware e Software do Steam, a revelação do Steam Deck teria feito a base de usuários de sistemas do pinguim aumentar — mas o Windows segue com liderança absoluta.

O site GamingOnLinux observou um pico na popularidade de distros Linux a partir do último relatório do Steam — a plataforma acumulou 1% da base de usuários. Por uma análise superficial do gráfico, dá para notar que é a primeira vez que os sistemas acumuam tantos utilizadores e que este crescimento é o maior de 2021.

Em números, o valor passa a chamar mais atenção. A pesquisa consultou computadores de 120 milhões de usuários ativos mensalmente no Steam — 1% disso equivale a cerca de 1,2 milhão de máquinas.

Pico de usuários mensais de julho pode ter acontecido devido ao anúncio do Steam Deck (Imagem: Reprodução/GamingOnLinux)
Pico de usuários mensais de julho pode ter acontecido devido ao anúncio do Steam Deck (Imagem: Reprodução/GamingOnLinux)

É difícil dizer com precisão que o crescimento abrupto ocorreu devido ao anúncio do Steam Deck, mas a coincidência é inquestionável. O Linux nunca teve uma presença muito forte no segmento gamer de PC, especialmente devido ao suporte limitado de vários títulos.

Linux não é tão popular entre gamers

Quando não há suporte oficial, jogadores precisam recorrer a softwares complementares para rodar títulos. Um exemplo de mecanismo comum nesse meio é o Proton, uma camada de compatibilidade que permite que jogos projetados para o Windows sejam executados em sistemas operacionais baseados em Linux.

O Steam Deck roda um sistema proprietário do Steam que é construído sobre o kernel do pinguim. O interesse da Valve no suporte para jogos no Linux pode ter chamado a atenção da comunidade, que decidiu migrar (ou, pelo menos, experimentar) a jogatina nas várias distros disponíveis, para então decidir se o investimento no portátil vale a pena.

Se os números não diminuírem significativamente nos próximos relatórios mensais, será a prova de que parte da comunidade da Steam realmente considera migrar para o Linux. Além disso, mostra que os jogadores acreditam que desenvolvedores darão mais atenção à plataforma, já que há um notável console equipado com esse tipo de sistema.

Windows segue líder absoluto

Ainda assim, não se anime tanto. Distros Linux continuam na lanterna na divisão entre sistemas — atrás até de sistemas da Apple. Neste mês, o Windows encarou uma queda insignificante de apenas 0,08%, seguindo com 96,49% da fatia de computadores com Steam.

O lançamento do Steam Deck acontecerá em dezembro deste ano e o console portátil custará US$ 399 em sua versão mais básica. Se a análise atual estiver correta, é provável que a quantidade de usuários ativos cresça significativamente também no fim do ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos