Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.057,22
    -1.202,27 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.093,13
    -485,97 (-0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,98
    -1,17 (-1,62%)
     
  • OURO

    1.774,50
    -86,90 (-4,67%)
     
  • BTC-USD

    37.741,64
    -841,47 (-2,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    937,75
    -32,13 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.221,86
    -1,84 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    33.823,45
    -210,22 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.153,43
    -31,52 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.558,59
    +121,75 (+0,43%)
     
  • NIKKEI

    29.018,33
    -272,68 (-0,93%)
     
  • NASDAQ

    14.178,50
    +197,25 (+1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9698
    -0,0922 (-1,52%)
     

Número de mortes por COVID-19 pode ser o dobro do que se imagina, diz OMS

·1 minuto de leitura

Na última sexta (21), a Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou a versão mais recente de seu relatório World Health Statistics. Por enquanto, os dados oficiais apontam pouco mais de três milhões de mortes por COVID-19 no mundo. No entanto, o relatório em questão aponta que esse número pode ser, na realidade, entre seis e oito milhões.

Segundo o relatório, no fim de 2020, havia mais de 3 milhões de mortes em todo o mundo que poderiam ser atribuídas à pandemia. Trata-se de um número que equivale a 1,2 milhão de mortes a mais do que a contagem oficial de 1,8 milhões na época.

Número de mortes por COVID-19 pode ser o triplo do que se imagina, diz OMS (Imagem: tang/rawpixel)
Número de mortes por COVID-19 pode ser o triplo do que se imagina, diz OMS (Imagem: tang/rawpixel)

Mas a OMS não é a primeira a fazer essa projeção: o Institute for Health Metrics and Evaluation, de Washington (EUA), chegou a estimar que 6,9 ​​milhões de pessoas morreram de COVID-19. No que diz respeito ao Brasil, que no início de maio registrou mais de 408 mil óbitos pela doença, a estimativa aponta quase 596 mortes. A causa desses números não relatados tem nome: subnotificação.

Mas vai levar um bom tempo (talvez anos) para se ter uma noção completa da destruição causada pela pandemia. Os especialistas apontam que esse cenário deve se normalizar no mundo todo até 2024, aproximadamente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos