Mercado fechará em 2 h 52 min
  • BOVESPA

    111.691,42
    -2.121,45 (-1,86%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.497,06
    -232,74 (-0,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,45
    +0,95 (+1,05%)
     
  • OURO

    1.763,30
    -7,90 (-0,45%)
     
  • BTC-USD

    21.561,54
    -1.804,78 (-7,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    513,35
    -28,25 (-5,22%)
     
  • S&P500

    4.239,76
    -43,98 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    33.799,27
    -199,77 (-0,59%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,77 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.304,75
    -218,50 (-1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2055
    -0,0083 (-0,16%)
     

Nômades digitais: empresa de TI banca intercâmbio para incentivar a modalidade

A pandemia da Covid-19 acelerou o processo de mudança do modelo de trabalho presencial para remoto em muitas organizações, o que tem aumentado a quantidade de pessoas que se denominam como nômades digitais. Por não terem que trabalhar em um escritório, essas pessoas também optam por não ter um endereço fixo e atuam enquanto viajam por seus países ou pelo mundo.

O Relatório de Tendências Migratórias de 2022, do escritório de advocacia especializado em imigração Frogmen, estimou que cerca de 1 bilhão de pessoas viverão suas vidas profissionais como nômades digitais até 2035. Visando surfar essa onda, o conjunto de empresas que formam o Grupo DB1 anunciou o projeto “VOA - DB1 Anywhere”, para incentivar o intercâmbio profissional e cultural de seus colaboradores.

Segundo a empresa, a iniciativa tem o objetivo de apoiar os colaboradores das empresas do grupo que desejam ter uma experiência internacional. “A ação deve estar em consonância às estratégias de negócio da unidade”, pontua a gerente de Facilities do Grupo B1, Sayuri Caires.

Empresa cobra contrapartidas dos colaboradores

Para participar, os colaboradores precisam atender a alguns critérios, como tempo mínimo de casa e horas de trabalho dedicadas à mentoria sobre os conhecimentos adquiridos durante os intercâmbios. Após as viagens, os funcionários também precisam permanecer na empresa por pelo menos um ano, além de compartilharem sua experiência de viagem com seus companheiros.

Por se tratar de um programa piloto em 2022, o Grupo DB1 disponibilizará apenas cinco vagas para nômades digitais, com todos os custos, exceto alimentação. “Além do entendimento do valor que isso pode gerar para a jornada pessoal deles e de negócios da empresa”, destaca a analista de gestão de pessoas do grupo, Brenda Rodrigues.

Além do VOA - DB1 Anywhere, a empresa brasileira também criou o “Programa Nômade”, voltado para pessoas que já adotam este estilo de vida ou têm planos para isso. Este programa é um pouco mais simples e tem o objetivo de ajudar essas pessoas a encontrarem bons locais para trabalhar onde quer que eles estejam.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos