Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.306,52
    +2.098,11 (+3,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Não, não há cervejaria alguma com 1,8 mil vagas de emprego — é só mais um golpe

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

A crise do novo coronavírus (SARS-CoV-2) abalou a economia internacional, causou grandes impactos nas operações das empresas e acabou gerando altíssimas taxas de desemprego em nosso país. Não é de se espantar que, nesse cenário desolador, os brasileiros estejam desesperados para encontrar novas oportunidades profissionais neste início de 2021 — o problema é que os cibercriminosos estão explorando esse desespero.

De acordo com um novo alerta emitido pela Kaspersky, há uma nova corrente maliciosa sendo espalhada pelo WhatsApp que visa enganar internautas desatentos e enviá-los como tráfego para um site monetizado pelos criminosos. O golpe dissemina-se como uma mensagem afirmando que uma famosa fabricante de bebidas alcoólicas estaria retomando suas atividades pós-pandemia, estando com mais de 1,8 mil vagas em aberto.

As oportunidades são diversas: jovem aprendiz, repositor de estoque, ajudante geral, recepcionista, estoquista, segurança, motorista… Informando que o salário inicial seria de R$ 1.280, os golpistas convencem a vítima a acessar o link para participar do processo seletivo. Infelizmente, não há processo algum: tudo o que cidadão encontrará será links para sites mantidos pelos estelionatários e monetizados com anúncios.

“Este é um típico exemplo da relação do cibercrime com as fake news. Os hackers se aproveitam de fatos que geram ansiedade na população e tentam ganhar dinheiro em cima disso. Embora pareça uma ação 'inocente', pois este golpe não traz nenhum dano ou prejuízo ao internauta, esse tipo de esquema ajuda a monetizar o cibercrime e financiá-los para atividades maiores”, diz Fabio Marenghi, analista sênior de segurança da Kaspersky.

<em>Imagem: Reprodução/Kaspersky</em>
Imagem: Reprodução/Kaspersky

“Os brasileiros precisam prestar muita atenção quando receberem esse tipo de oferta. Como são correntes, normalmente são enviadas por conhecidos, o que confere uma falsa legitimidade à informação”, comenta Marenghi. O golpe utiliza ainda um texto reciclado de quando a companhia estava, de fato, com vagas abertas; o site no qual o anúncio é republicado, porém, chama-se whatsappdazoeira.com.br, o que não passa credibilidade.

“Ano passado, denunciamos uma campanha que usava a mesma temática das ofertas de emprego para roubar dados de usuários. Não sabemos exatamente quantas pessoas já caíram nesse golpe, mas, pelo fluxo que temos acompanhado, a mensagem está rodando há algum tempo, então é sinal de que está dando certo para os criminosos”, finaliza o executivo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: