Mercado abrirá em 9 h 9 min
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,99
    -0,06 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.790,60
    +5,90 (+0,33%)
     
  • BTC-USD

    50.598,38
    -144,29 (-0,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.309,12
    -12,16 (-0,92%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    24.029,07
    +45,41 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    28.774,05
    +318,45 (+1,12%)
     
  • NASDAQ

    16.388,75
    +70,75 (+0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3510
    +0,0113 (+0,18%)
     

Não há solução rápida para retornar inflação à meta, diz Pill, do BC britânico

·1 min de leitura
Pedestres caminham em frente ao Banco da Inglaterra, em Londres

Por David Milliken

BRISTOL, Inglaterra (Reuters) - Será necessário ter paciência antes de a inflação do Reino Unido retornar à meta de 2% do banco central britânico, o que gera um momento desconfortável para ser um banqueiro central, disse o economista-chefe do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Huw Pill, nesta sexta-feira.

"Não há solução rápida, e essa falta de uma solução rápida significa que será necessária certa paciência", disse Pill em uma conferência em Bristol organizada pelo Observatório Econômico e pelo Festival de Economia.

Pill disse que não decidiu se votará por um aumento nos juros de 0,1% para 0,25% no mês que vem, valor que os mercados financeiros precificam como quase certo depois que dados desta semana mostraram alta da inflação para uma máxima em 10 anos de 4,2%.

O presidente do banco central britânico, Andrew Bailey, e Pill disseram que as taxas de juros precisarão aumentar para conter a inflação, mas os mercados anteciparam errado o movimento do início deste mês, quando o Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra decidiu aguardar mais dados do mercado de trabalho antes de oficializar uma mudança nos custos dos empréstimos.

Pill disse que a comunicação de política monetária está se tornando mais complicada devido aos riscos bilaterais para o crescimento e a inflação, em contraste com os fortes riscos baixistas durante a pandemia de Covid-19.

O BoE quis "treinar" os mercados para se concentrar mais nas perspectivas de médio prazo e nos riscos bilaterais, disse Pill, que é ex-economista do Goldman Sachs, mas alguma volatilidade é inevitável devido à incerteza sobre o momento preciso das elevações nos juros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos