Mercado fechará em 4 hs

Não caia nessa: produtora alerta para golpe que promete beta de Cyberpunk 2077

Felipe Demartini

A produtora de jogos CD Projekt Red alertou nesta semana sobre o ressurgimento de um golpe que promete dar acesso a uma versão beta de Cyberpunk 2077, seu próximo game. A campanha tem como objetivo roubar dados tanto de usuários comuns quanto de criadores de conteúdo se aproveitando do hype sobre o título, que chega em 19 de novembro como um dos mais aguardados de 2020.

Pelo Twitter, a desenvolvedora publicou o aviso, pedindo que os jogadores ignorem e-mails que prometam entregar acesso a uma versão prévia do título. A CD Projekt Red também falou diretamente a youtubers e criadores de conteúdo, afirmando que contatos desse tipo sempre são feitos a partir de domínios da própria companhia, nunca por agências de propaganda ou terceiros. Aqueles que disserem estar trabalhando em nome da empresa devem ser ignorados.


Trata-se do retorno de um golpe que vem sendo aplicado sobre jogadores, pelo menos, desde julho do ano passado. O objetivo é roubar dados dos usuários, utilizando a promessa de uma versão beta para os levar a um site sob o controle dos hackers, onde eles deverão preencher um cadastro e entregar informações pessoais de bandeja, incluindo nomes, e-mails e senhas, para os criminosos.

Como funciona o golpe?

Um senso de urgência é dado à comunicação, indicando que o usuário foi escolhido para testar uma versão prévia de Cyberpunk 2077 destinada a poucas pessoas, mas com cadastro que precisa ser realizado em menos de 24 horas. A página usada originalmente para disseminar o golpe já foi retirada do ar, mas o aviso dado pela CD Projekt Red mostra que novos domínios podem estar sendo usados pelos golpistas em uma nova onda de tentativas.

A partir das informações, principalmente e-mail e senha, os bandidos podem agir de diferentes formas. A combinação de credenciais pode ser utilizada em serviços de correios eletrônicos, redes sociais ou sites bancários em busca de repetições, enquanto os meios de contato fornecidos podem ser utilizados em ataques de phishing e engenharia social, visando a instalação de malwares ou o comprometimento de outras contas.

Vale a pena citar que, neste caso específico, não há nenhuma beta prevista de Cyberpunk 2077 anunciada, o que, por si só, já comprova a existência de um golpe. Para evitar esse crime, os usuários também devem prestar atenção a links que chegam por e-mail ou mensageiros instantâneos, jamais clicando, baixando arquivos ou preenchendo cadastros recebidos por esses meios, e procurando informações oficiais caso desconfiem da veracidade da oferta.

Uma dica importante é quanto ao uso de senhas seguras e que não possam ser facilmente adivinhadas, além de únicas para cada serviço — assim, caso uma seja comprometida, as outras permanecem seguras. O uso de soluções de autenticação em duas etapas também é recomendado para ampliar a proteção dos perfis contra intrusões de terceiros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: