Mercado fechado

Não beber álcool por 18 dias melhora o seu nível de cognição, revela estudo

Cientistas franceses descobriram que desintoxicar o corpo humano do álcool, mesmo que por algumas semanas, já pode ter grandes benefícios na recuperação do nível de cognição de um indivíduo. Em novo estudo, foi possível descobrir que 18 dias sóbrios são suficientes para reduzir o impacto da perda de memória e de atenção associados ao alcoolismo.

Liderado por pesquisadores da Universidade da Picardia Jules Verne, na França, o estudo que avaliou o impacto de uma pessoa parar de beber foi publicado na revista científica Alcohol and Alcoholism.

Segundo os autores, a descoberta abre novos caminhos para a recuperação de pessoas viciadas em álcool e aumenta o nível de compreensão sobre o cérebro de quem bebe excessivamente. Por exemplo, o consumo excessivo está relacionado com déficits cognitivos, perda da capacidade de armazenar e recuperar de informações (memórias), desatenção, comportamento impulsivo e danos cerebrais — a reversão deste último tópico não foi medida no estudo.

Como deixar de beber álcool pode melhorar o nível de cognição?

Não beber álcool por 18 dias pode melhorar o seu nível de cognição (Imagem: Friends_stock/Envato)
Não beber álcool por 18 dias pode melhorar o seu nível de cognição (Imagem: Friends_stock/Envato)

Na pesquisa, os cientistas recrutaram 32 voluntários com transtorno do uso de álcool (TUA) gravem, sendo que 24 dos selecionados eram homens. Em paralelo, outros 32 indivíduos que não apresentavam dependência alcoólica foram inscritos no grupo de controle. Todos ficaram sóbrios e passaram por testes psicológicos no oitavo e no 18º dia sem álcool.

No dia oito, os autores explicam que a maioria dos pacientes com TUA (60%) ainda apresentavam evidentes problemas cognitivos associados ao consumo anterior de álcool. No entanto, de forma progressiva, melhorias eram identificadas conforme o tempo de sobriedade aumentava. Após 18 dias, 63% dos voluntários apresentavam níveis cognitivos normais — iguais ao do grupo controle.

Embora os resultados sejam encorajadores, especialmente para indivíduos que bebem excessivamente, a amostra do estudo sobre os efeitos da desintoxicação é pequena e outros fatores não foram avaliados, como o uso de outros tipos de drogas no período. Agora, mais estudos são necessários.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: