Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.515,18
    -6,90 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,80
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

'Não é hora de parar o Brasil', diz um dos líderes de greve dos caminhoneiros de 2018

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 29.05.2018 - Um dos líderes da greve de 2018, o caminhoneiro Wallace Landim, conhecido como Chorão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 29.05.2018 - Um dos líderes da greve de 2018, o caminhoneiro Wallace Landim, conhecido como Chorão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um dos líderes da greve de 2018, o caminhoneiro Wallace Landim, conhecido como Chorão, pediu aos colegas que suspendam os bloqueios iniciados após a confirmação da derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) na votação deste domingo (30).

"Nesse momento, parar o país vai prejudicar muito a democracia desse país. Precisamos ter reconhecimento da democracia, da vitória do presidente [Luiz Inácio Lula da Silva]", afirma ele, em vídeo divulgado por redes sociais.

Segundo último balanço divulgado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), a rodovia Presidente Dutra permanece interditada por caminhoneiros na altura de Barra Mansa (RJ). O bloqueio foi iniciado por volta de 0h30 desta segunda-feira (31).

No início da manhã, houve uma ocorrência de vandalismo no local, quando os manifestantes danificaram o carro de uma mulher. A PRF está recomendando aos motoristas que façam meia volta para evitar o aumento do congestionamento no local.

Segundo Chorão, há relatos de outros 62 pontos de bloqueio, parcial ou total, pelo país. Em alguns casos, os bloqueios foram feitos por moradores, sem participação de caminhoneiros.

Chorão hoje preside a Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores) e tem sido crítico ao governo Bolsonaro pela escalada dos preços dos combustíveis após o período mais crítico da pandemia.

No vídeo, ele defende alinhamento com o próximo governo para aprovar pautas de interesse da categoria. "Não é o momento de parar o país, precisamos estar alinhados, precisamos lutar pelo nosso segmento."