Mercado fechará em 5 h 32 min
  • BOVESPA

    109.729,53
    -459,04 (-0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.020,65
    +221,19 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,74
    +0,49 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.786,60
    +4,20 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    16.842,70
    -187,75 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,25
    -6,56 (-1,63%)
     
  • S&P500

    3.941,26
    -57,58 (-1,44%)
     
  • DOW JONES

    33.596,34
    -350,76 (-1,03%)
     
  • FTSE

    7.516,64
    -4,75 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.445,00
    -121,00 (-1,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5056
    +0,0269 (+0,49%)
     

Musk elimina selo ‘Oficial’ do Twitter pouco depois de lançá-lo

O Twitter começou a implementar nesta quarta-feira (9), mas logo desistiu, um novo selo cinza intitulado “Oficial” para contas de alto perfil, em meio à reestruturação da plataforma desde sua compra pelo bilionário Elon Musk.

“Acabo de eliminá-lo”, tuitou Musk poucas horas depois da adição do novo selo a contas do governo, grandes empresas e veículos de comunicação.

“Observem que o Twitter fará muitas coisas estúpidas nos próximos meses. Vamos manter o que funciona e mudar o que não funciona”, acrescentou o homem mais rico do mundo para explicar o ocorrido.

Essa mudança repentina provocará um escrutínio ainda maior dos planos de Musk para a rede social. Na semana passada, ele demitiu milhares de funcionários e provocou uma grande queda no gasto dos anunciantes, que desconfiam dos novos rumos da plataforma.

A fracassada implementação do “Oficial” ocorre antes da introdução anunciada de um modelo de assinatura em que o famoso selo azul do Twitter, que certifica a autenticidade de uma conta, estaria disponível por uma taxa de 7,99 dólares.

Essa etiqueta tem sido até então o indicador de verificação de um perfil e surgiram dúvidas sobre se figuras públicas e meios de comunicação pagariam por ela. O novo selo cinza era visto por muitos como uma solução para resolver isso.

Sua implantação teve início nesta quarta e o “Oficial” foi incluído em contas de empresas como Apple e BMW, e entidades públicas como a Casa Branca, além de grandes jornais e emissoras.

Também foram oficializadas pelo Twitter as contas da agência de notícias AFP em francês, inglês e espanhol, assim como as da congressista americana Alexandria Ocasio-Cortez, do papa Francisco e do rapper Kanye West.

No entanto, o selo durou apenas algumas horas.

O próprio Musk, que completou sua aquisição da rede social por 44 bilhões de dólares há duas semanas, não recebeu o “Oficial” em seu perfil, seguido por mais de 115 milhões de usuários.

arp/bgs/ad/db/ic