Mercado fechará em 6 h 48 min
  • BOVESPA

    98.657,65
    +348,53 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.655,45
    -221,04 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,88
    +0,05 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.905,80
    -5,90 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    11.795,85
    +738,85 (+6,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    237,80
    +4,13 (+1,77%)
     
  • S&P500

    3.426,92
    -56,89 (-1,63%)
     
  • DOW JONES

    28.195,42
    -410,89 (-1,44%)
     
  • FTSE

    5.899,64
    +14,99 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    24.569,54
    +27,28 (+0,11%)
     
  • NIKKEI

    23.567,04
    -104,09 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.679,00
    +28,75 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6147
    +0,0158 (+0,24%)
     

Mundo da F1 presta homenagens a Hubert na chegada à Bélgica

Luke Smith
·2 minutos de leitura

Em 31 de agosto de 2019, o mundo da Fórmula 1 voltava a vivenciar a tristeza com a morte de um piloto durante uma corrida. O francês Anthoine Hubert, de apenas 22 anos, morreu após uma batida no começo da Corrida 1 da Fórmula 2 em Spa. De volta ao circuito belga um ano depois, o Mundial presta homenagens a Hubert.

No início da quinta-feira, Pierre Gasly, que era muito próximo de Hubert, prestou uma homenagem ao amigo na pista de Spa antes de iniciar seu track walk, deixando um buquê de flores no local onde Hubert bateu.

Leia também:

Leclerc diz que retorno à Bélgica é "difícil" após morte de Hubert FIA divulga relatório sobre acidente fatal de Hubert na F2

Nas redes sociais, o piloto da AlphaTauri escreveu: "Ainda não consigo acreditar. Sentimos sua falta, eu sinto sua falta Tonio. Espero que façamos você orgulhoso aí em cima. Você está para sempre em nossos corações, irmão".

 

Outro piloto que era muito próximo de Hubert é o monegasco Charles Leclerc, que postou na quarta-feira uma foto de 10 anos atrás, um pódio formado pelos dois e por Gasly.

 

Além das publicações nas redes sociais, a F1 e suas categorias de apoio anunciaram outras homenagens a Hubert ao longo do final de semana, como um minuto de silêncio antes da corrida de sábado da F2 e do GP da Bélgica de F1 no domingo. Além disso, todos os carros da F1, F2 e F3 terão uma homenagem ao francês.

E a F2 anunciou ainda mais uma homenagem a Hubert: o número 19, que era usado pelo francês, será aposentado na categoria.

"Neste final de semana, a comunidade do esporte a motor corre por Anthoine Hubert", escreveu a F2 em seu perfil oficial. "Um logo criado em homenagem a Anthoine aparecerá em todos os carros em Spa no final de semana. Também confirmamos que o número 19 será para sempre dele".

 

"Quase um ano após a morte trágica de Anthoine Hubert em Spa, a Fórmula 2 confirma oficialmente que o número 19 não será mais usado no campeonato", escreveu a direção da F2 em comunicado. "O 19 será sempre de Anthoine, em memória ao francês, cuja estrela ainda brilha sobre nosso paddock".

No início da semana, Charles Leclerc reconheceu que voltar à Spa seria difícil devido a sua amizade com Hubert. Já Pierre Gasly disse que seria um "momento triste".

"Eu conhecia ele desde que eu tinha sete anos, no kart", disse. "Estivemos na mesma escola organizada pela Confederação Francesa, de 13 até 19 anos, dividimos um apartamento por seis anos".

"Acredito que todos no paddock tirarão um momento para lembrá-lo".

TELEMETRIA: Ferrari descobre problema de Leclerc e Renault ‘tira o pé’ contra Racing Point

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

Your browser does not support the audio element.

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Spotify Deezer  Apple Podcasts Google Podcasts