Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    36.029,43
    -1.485,24 (-3,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Multilaser retoma pedido para IPO

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de produtos eletrônicos Multilaser retomou nesta segunda-feira o processo para realizar sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), um ano após sua primeira tentativa ter sido interrompida pela volatilidade do mercado.

Diferente da primeira vez, quando a oferta serviria também para que sócios vendessem uma fatia no negócio, desta vez a operação envolverá apenas a venda de ações novas e a companhia afirmou que pretende usar os recursos para reforçar o caixa, pagar dívidas e fazer aquisições.

Itaú BBA e Safra foram mantidos como coordenadores da operação, junto como XP, Bank of America e UBS-BB, no lugar de JPMorgan, BTG Pactual, Citi, Credit Suisse, que participavam na tentativa anterior.

A Multilaser diz deter 65% do mercado de pendrives, 39% dos cartões de memória no país e fabrica também smartphones, notebooks e acessórios de computador e para esportes e saúde, além de equipamentos de áudio e vídeo, segurança eletrônica e brinquedos, entre outros.

(Por Aluísio Alves)