Mercado fechará em 3 h 39 min
  • BOVESPA

    108.851,24
    +1.472,32 (+1,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.705,79
    +438,59 (+1,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,65
    +1,59 (+3,69%)
     
  • OURO

    1.799,40
    -38,40 (-2,09%)
     
  • BTC-USD

    19.290,53
    +838,57 (+4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,98
    +11,23 (+3,04%)
     
  • S&P500

    3.611,12
    +33,53 (+0,94%)
     
  • DOW JONES

    29.990,81
    +399,54 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.425,78
    +91,94 (+1,45%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    11.921,00
    +15,75 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4097
    -0,0306 (-0,48%)
     

Mulher tira foto com cerveja em altar de igreja e é criticada por clérigo

·1 minuto de leitura
Foto foi tirada na Paróquia da Nossa Senhora dos Navegantes, no Ceará (Foto: Reprodução)
Foto foi tirada na Paróquia da Nossa Senhora dos Navegantes, no Ceará (Foto: Reprodução)

Uma foto de uma mulher sentada em um altar de uma igreja no Ceará causou revolta em fiéis. A imagem foi feita na Paróquia da Nossa Senhora dos Navegantes, em Icaraí de Amontada, no último fim de semana. As informações são do jornal O Povo.

A mulher está sentada no altar com uma lata de cerveja em uma mão e uma carteira de cigarros na outra. Com a repercussão da imagem, divulgada nas redes sociais, ela apagou a foto e também os perfis.

Segundo o Blog Ancoradouro, de O Povo, um clérigo identificou a mulher que tirou a foto e enviou uma mensagem para ela. “Visitando seu Instagram, por conta de algumas pessoas terem me mandado o link, percebi sua falta de respeito com a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Navegantes. Não somente para com o templo físico, mas também para com os fiéis deste distrito e de toda a diocese de Itapipoca-CE. Você entrou sem permissão, fez fotos indevidas no altar, desrespeitou um lugar santo, e brincou com a fé das pessoas. Tudo isso é CRIME!”, escreveu.

Leia também

O clérigo convidou a responsável a “se retratar imediatamente” e usou o artigo 208 do código penal, que prevê detenção de até um ano para quem cometer atos contra “o sentimento religioso”.

De acordo com informações de O Povo, a Paróquia fará um boletim de ocorrência.