Mercado abrirá em 6 h 4 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,22
    +0,61 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.796,20
    +3,10 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    37.235,20
    +1.225,73 (+3,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    844,83
    +25,32 (+3,09%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.616,87
    -190,13 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    26.694,46
    +524,16 (+2,00%)
     
  • NASDAQ

    14.138,50
    +151,75 (+1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0560
    +0,0320 (+0,53%)
     

Mulher negra estampa moeda nos EUA pela primeira vez

·1 min de leitura
Moeda americana terá uma mulher negra estampada pela primeira vez
Moeda americana terá uma mulher negra estampada pela primeira vez (AFP / The Department of Treasury / Handout)
  • Mulher negra estampa moeda nos EUA pela primeira vez na história 

  • Maya Angelou será talhada na moeda de 25 centavos

  • Ela é a primeira de uma série de mulheres influentes que serão homenageadas

Pela primeira vez na história, uma mulher negra estampará uma moeda norte-americana. Maya Angelou, poeta e ativista afro-americana, será talhada na moeda de 25 centavos, conhecida como “quarter”, a que mais circula no país.

A Casa da Moeda já cunhou os primeiros exemplares, segundo informou a AFP. A iniciativa partiu da congressista democrata Barbara Lee, que elaborou o projeto em 2020.

Leia também:

A “quarter” só teve duas representações desde 1932: a série que homenageava cada estado, na década de 2000, e a série de parques nacionais, entre 2010 e 2021. Agora, a ideia é criar a série “Mulheres Americanas Proeminentes”, que contará com as imagens de Sally Ride, astronauta e física; Wilma Mankiller, primeira nativa americana líder da Nação Cherokee; Nina Otero-Warren, política e ativista latina; e Anna May Wong, atriz aclamada como a primeira estrela de ascendência asiática.

Maya Angelou é um pseudônimo de Marguerite Ann Johnson. Aos 15 anos, ela se tornou a primeira mulher negra a dirigir um ônibus em São Francisco e, tempos depois, a ser roteirista e diretora em Hollywood.

Nos anos 1950, Angelou se definiu como atriz, cantora e dançarina em várias montagens teatrais. Ela também foi amiga de Martin Luther King Jr. e Malcolm X.

Com informações do Brasil Econômico

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos