Mercado fechado

Mulher morta na frente dos filhos no interior de SP encorajava amiga a se separar do atirador

·2 minutos de leitura
Mulher é morta em frente aos filhos em Salto (SP) - Foto: Reprodução/Facebook
Mulher é morta em frente aos filhos em Salto (SP) - Foto: Reprodução/Facebook

Uma mulher foi morta em frente aos filhos pelo ex-marido da vizinha em Salto, no interior de São Paulo. A vítima encorajava a vizinha a se separar do atirador, de acordo com relatos de testemunhas. As informações são da TV Globo.

Depois de matar Ângela Muczinski em frente aos filhos de 2 a 4 anos, Claudemir Pereira cometeu suicídio. Segundo a Polícia Militar, ele abordou o carro da vítima, que era vizinha e amiga da ex-mulher dele.

Leia também:

Na sequência, Ângela saiu do veículo e foi baleada. Ela não resistiu e morreu já no local, sem chance de obter socorro. Os filhos dela presenciaram o crime e, assustadas, se refugiriam em um restaurante próximo.

Depois de matar Ângela, o homem foi até um petshop e atirou contra a ex-mulher, Adriana Correira, que foi encaminhada para o hospital em estado grave.

De acordo com a TV Globo, testemunhas contam que o atirador e a Adriana haviam se separado há cerca de um mês. Claudemir não teria aceitado o fim do relacionamento.

Ainda conforme os relatos de amigos do casal, o homem teria afirmado para a família que iria embora de Salto, mas acabou alugando um carro para cometer os crimes. A arma usada por Claudemir possuía a numeração raspada.