Mercado fechará em 4 h 5 min

Mulher-Maravilha 1984 terá prelúdio em quadrinhos em setembro

Claudio Yuge

Mulher-Maravilha 1984 é um dos filmes de super-heróis mais aguardados do ano. Depois de receber bastante atenção no final de 2019, quando foram revelados os primeiros trailers, o longa permaneceu dormente durante o período de pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e ainda tem sua estreia adiada para outubro sob dúvidas. E, para aumentar a expectativa e preparar os fãs, a DC Comics anunciou um prelúdio em quadrinhos.

O one-shot Wonder Woman 1984 terá 32 páginas com duas histórias, a partir de eventos que antecedem a aventura dirigida por Patty Jenkins no cinema. A primeira, coescrita por Anna Obropta (uma das produtoras de Mulher-Maravilha 1984) e Louise Simonson (famosa por sua passagem pelo título mensal do Thor), tem arte de Bret Blevins e mostrará Diana atuando em uma situação com reféns no Museu Smithsonian de História Natural.

Arte de Nicola Scott (Reprodução/DC Comics)

"Quando uma tentativa fracassada de roubo causa uma situação de refém no Museu Smithsonian de História Natural, Diana Prince é forçada a deixar seu grupo de adolescentes para trás para que a Mulher-Maravilha possa salvar o dia! Mas ela poderá levar 10 pistoleiros à justiça e voltar para ao de visita a tempo”, diz o anúncio oficial.

O segundo conto é ambientado na década de 1980, pelas mãos de Steve Pugh e Marguerite Sauvage, e aborda um vilão tentando roubar o laço de Diana. A edição contará com a capa de Nicola Scott. "Nos anos 1980, a ganância é uma boa, especialmente se você tiver tudo! Um mentor imprudente explorou sua máxima ambição ao roubar o laço dourado da Mulher-Maravilha, e cabe a Diana e Steve Trevor recuperá-lo antes que o pior aconteça!”

Wonder Woman 1984 #1 será lançado em parceria com o Walmart no dia 20 de setembro, com as cópias digitais chegando à web apenas oito dias depois.

Mas e o filme?

Mulher-Maravilha 1984 originalmente era aguardado para o dia 13 de dezembro de 2019, mudou sua estreia várias vezes, antes de finalmente chegar à data de 5 de junho deste ano. Mas, logo após essa definição, a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) interditou as salas de cinema e interrompeu os trabalhos em Hollywood.

Arte de Nicola Scott (Reprodução/DC Comics)

Assim, o longa foi transferido para agosto e, no mês passado, mudou novamente, desta vez para 2 de outubro. Contudo, como ainda vivemos picos de casos de COVID-19 em diversos países, especialmente nos Estados Unidos e Brasil, há grandes chances do filme ser adiado mais uma vez muito em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: