Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,49
    +0,04 (+0,05%)
     
  • OURO

    1.717,60
    -3,20 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    20.029,59
    -309,04 (-1,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,47
    -7,65 (-1,65%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    17.842,81
    -169,34 (-0,94%)
     
  • NIKKEI

    27.192,03
    -119,27 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.536,00
    -5,75 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1007
    -0,0128 (-0,25%)
     

Mulher-Hulk | Por que o Demolidor usa uniforme amarelo na série?

O quinto episódio de Mulher-Hulk: Defensora de Heróis finalmente trouxe a primeira menção ao Demolidor dentro do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês). E embora ele não tenha dado as caras ainda, vimos um detalhe de seu uniforme em uma cena rápida que ajuda a responder a uma das questões que mais atormentam os fãs: por que diabos o herói vai usar um uniforme amarelo ao invés do icônico traje vermelho.

Desde que a Marvel confirmou que o Homem Sem Medo estaria presente na série, essa é uma questão que paira no ar. No trailer de apresentação do personagem já era possível ver a roupa com um design bem parecido com aquele do Netflixverso, mas em amarelo. O porquê disso nunca ficou claro — até agora.

O segredo por trás do amarelo do Demolidor

O cerne do quinto episódio de Mulher-Hulk: Defensora de Heróis é a batalha judicial de Jennifer Walkers (Tatiana Maslany) contra a influencer Titânia (Jamila Jameel), que registrou comercial o nome Mulher-Hulk. Em paralelo a essa briga nos tribunais, os aliados da heroína tentam arranjar roupas melhores para que Jen pare de se vestir mal por aí.

A gente já sabe do uniforme amarelo há tempos (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
A gente já sabe do uniforme amarelo há tempos (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

É nesse contexto que somos apresentados a Luke Jacobson (Griffin Matthews), um estilista especializado em confeccionar trajes para super-heróis. Trata-se de uma figura tão exclusiva que há todo um processo para conseguir agendar um horário com ele. E, no fim das contas, ele não só consegue fazer ternos para Jen usar no trabalho como cria o traje que a heroína deve usar ao longo da temporada e que se assemelha àquele que a personagem veste nos quadrinhos.

Mas onde o Demolidor entra nessa história? Na cena final do episódio, quando Jacobson entrega as novas roupas para a Mulher-Hulk, ele reclama que uma de suas encomendas está fora do lugar e que ela não deveria estar à mostra assim. E, quando a câmera foca no tal objeto, vemos que se trata da máscara do Demolidor — e totalmente amarela.

O Demolidor finalmente teve sua primeira menção dentro da série, mas não como os fãs esperavam (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
O Demolidor finalmente teve sua primeira menção dentro da série, mas não como os fãs esperavam (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Embora seja apenas um gancho para antecipar a entrada do Homem Sem Medo (algo que o trailer já tinha feito), é um detalhe que chama a atenção. Pelo que é sugerido, a mudança no padrão de cores do personagem não foi uma escolha de Matt Murdock (Charlie Cox), mas desse estilista contratado para fazer o traje.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que vemos o Demônio da Cozinha do Inferno pedir uma ajuda profissional para se vestir. No seriado da Netflix, é justamente o vilão Gladiador (Matt Gerald) quem constrói o traje vermelho ao final da primeira temporada. No caso, apesar da instabilidade mental do personagem, ele fez o vermelho icônico que a gente conhece dos gibis.

Assim, é bem possível que o MCU decida deixar de lado todos os sentidos que os fãs tentavam encontrar e partir para a piada. No fim das contas, parece que o Demolidor vai sair por aí vestido de vermelho e amarelo — tal qual um semáforo — por um simples capricho estético de um estilista. E é bem provável que isso vira chacota na série.

Uniforme amarelo foi criado por um estilista excêntrico (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Uniforme amarelo foi criado por um estilista excêntrico (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Como Mulher-Hulk: Defensora de Heróis é uma série muito mais voltada para a comédia e que não tem vergonha de expor ao ridículo o próprio MCU, é bem provável que vejamos Jen tirando sarro do uniforme do Demolidor e ironizando o fato de ele sair por aí combatendo o crime de forma tão estrambólica. É até bem possível que falem alguma piada com o fato de o personagem ser cego: afinal, ele não está vendo que aquelas cores não estão combinando?

Por isso mesmo, pode apostar que o traje vermelho que todo mundo quer ver só vai aparecer em Eco ou mesmo só em Daredevil: Born Again, séries previstas para chegar ao Disney+ a partir do ano que vem e que devem adotar um tom bem mais sóbrio do que o que temos aqui com Mulher-Hulk.

Por que o uniforme amarelo?

Quem conhece o Demolidor apenas pela série da Netflix ou mesmo das histórias mais recentes nos quadrinhos pode estranhar a terrível combinação de cores do uniforme. Contudo, a primeira aparição do Homem Sem Medo nos quadrinhos realmente aconteceu com esse traje que é uma afronta aos nossos olhos.

Quando o personagem foi criado por Stan Lee e Bill Everett, em abril de 1964, a roupa era majoritariamente amarela com apenas alguns detalhes no peito em vermelho. Na história de origem, é explicado que Matt usa materiais usados por seu falecido pai, um ex-lutador de boxe, para costurar o traje.

Estética nunca foi o forte do Demolidor (Imagem: Divulgação/Marvel Comics)
Estética nunca foi o forte do Demolidor (Imagem: Divulgação/Marvel Comics)

Assim, ele mistura luvas, botas e o próprio roupão que Jack “Batalhador” Murdock usava em suas lutas para criar sua persona heroica. Era uma forma do personagem honrar o legado de seu pai — um sentimento que ele carrega até hoje em suas histórias. O problema é que esse tributo nunca foi muito estético, o que a Marvel não demorou em corrigir.

O uniforme vermelho que todo mundo conhece — e que combina muito mais com o demônio de que ele se disfarça — apareceu já em Daredevil #7, publicada em abril de 1965. Ou seja, demorou apenas um ano para que a editora visse o quanto as coisas estavam feias para o Homem Sem Medo.

Assim, o que Mulher-Hulk: Defensora de Heróis está fazendo é uma homenagem a esse período bastante peculiar da história do herói. É o mesmo tipo de brincadeira que o MCU fez com WandaVision, por exemplo, quando colocou Visão (Paul Bettany) e Wanda (Elizabeth Olsen) com os uniformes clássicos dos quadrinhos em uma festa de Halloween.

Nos quadrinhos, Murdock voltou a vestir o traje amarelo algumas vezes (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Nos quadrinhos, Murdock voltou a vestir o traje amarelo algumas vezes (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

No caso do Demolidor, porém, isso parece ter um significado a mais. A Marvel parece estar disposta a deixar claro que esse Matt Murdock não é o mesmo que a gente viu nas séries da Netflix, muito embora seja o mesmo ator.

Essa mudança de tom já tinha sido sugerida na última D23 e deve ser reforçada por aqui. Isso significa que aquele tom trágico que marcava a produção anterior deve dar espaço para algo um pouco mais leve — o que também está presente em algumas fases do herói nas HQs.

Quem é Luke Jacobson?

Será que a aparição de Luke Jacobson pode indicar a aparição de Dakota Johnson no futuro? (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Será que a aparição de Luke Jacobson pode indicar a aparição de Dakota Johnson no futuro? (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Aliás, há aqui um detalhe curioso. Embora sua participação no episódio seja bastante pontual, Luke Jacobson é um personagem que realmente existe nas histórias da Marvel. Ele é um estilista mundialmente famoso que apareceu pela primeira vez na revista Dakota North #1, em 1986. Na história, ele contrata a detetive particular que dá nome à publicação para ser sua guarda-costas após ser vítima de ameaças de um concorrente — até que se apaixona pela heroína e passa a tratá-la como sua musa.

É o tipo de personagem que o MCU parece ter desenterrado só para fazer um aceno aos leitores que adoram esse tipo de easter egg. Ao mesmo tempo, pode ser um belo indicativo de que devemos ver a própria Dakota North dar as caras muito em breve em alguma série — até porque ela reapareceu nos quadrinhos anos mais tarde, trabalhando inclusive com o Demolidor. E, com Eco e Born Again a caminho, não seria estranho ver uma investigadora porradeira dando as caras.

Mulher-Hulk: Defensora de Heróis já está disponível no Disney+.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: