Mercado fechado

Desaparecida por dois anos, mulher é encontrada viva boiando no mar na Colômbia

·1 minuto de leitura
Mulher é encontrada viva boiando no mar na Colômbia - Foto: Reprodução
Mulher é encontrada viva boiando no mar na Colômbia - Foto: Reprodução

Uma resgate inusitado chamou a atenção de toda a Colômbia. Uma mulher foi encontrada boiando a aproximadamente 2,5 quilômetros de uma praia em Puerto Colombia, na Colômbia, por um pescador no último final de semana.

De acordo com a imprensa local, Angelica Gaitán, de 46 anos, estava desaparecida por dois anos. Segundo o portal “La Libertad", ela foi encontrada com hipotermia e bastante debilitada. A suspeita é de que ela estaria no mar havia oito horas, agarrando-se a uma bola

Leia também:

Após o resgate, a colombiana chegou a um hospital da cidade em estado de choque. Depois de se recuperar minimamente, ela deu sua versão às autoridades.

Angélica estaria internada em um centro social depois de deixar seu lar por ter sofrido violência doméstica por anos. Ela teria perdido o direito de estar no local e, ainda depressiva, pegou um ônibus com planos de chegar à praia e tentar se afogar.

Contudo, a maré fraca e a presença de pescadores no local frustraram seus planos. Apesar da versão de Angélica, a polícia ainda investiga o caso por suspeitar de outros cenários. Como, por exemplo, possíveis maus-tratos que ela poderia estar sofrendo no abrigo em que estava.

Estefany Frayle, secretária de Saúde de Puerto Colombia, disse estar trabalhando para dar um abrigo adequado para Angélica depois do episódio quase inacreditável.

"Estamos vendo como conseguir abrigá-la em um centro onde ela possa receber atenção especializada e fazer todo o acompanhar do qual ela, eventualmente, necessite", afirmou ao “La Libertad".