Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.132,20 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,62 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,80
    -0,56 (-1,07%)
     
  • OURO

    1.823,70
    -6,20 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    35.987,86
    +53,70 (+0,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,73
    -33,41 (-4,54%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.463,62
    -110,24 (-0,39%)
     
  • NIKKEI

    28.261,96
    -257,22 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    12.756,00
    -46,25 (-0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3864
    -0,0062 (-0,10%)
     

Mulher é presa após fingir câncer terminal e arrecadar R$ 58 mil para casamento

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Toni Standen, de 29 anos, disse a amigas próximas ter sido diagnosticada com um câncer de ovário. (Foto: Reprodução/Facebook)
Toni Standen, de 29 anos, disse a amigas próximas ter sido diagnosticada com um câncer de ovário. (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma mulher foi presa por fraude na Inglaterra após fingir um câncer terminal para arrecadar dinheiro para sua festa de casamento. O caso aconteceu na cidade de Liverpool e foi divulgado pelo jornal local Liverpool Echo.

De acordo com o veículo, Toni Standen, de 29 anos, disse a amigas próximas ter sido diagnosticada com um câncer de ovário, que teria se espalhado para outras partes do corpo e se tornado terminal. Ela chegou a raspar o cabelo em diversas oportunidades para tornar a farsa verossímil.

Comovidas e sabedoras do desejo de Toni de casar com seu namorado, que não teve a identidade revelada, as amigas lançaram uma campanha online de arrecadação de fundos “para a festa que o casal merece”.

Leia também

Foram doadas 8,344 mil libras (R$ 58,19 mil), utilizadas em um casamento dos sonhos para Toni. A noiva foi levada em um carro de luxo e até recebeu uma mensagem de vídeo de jogadores do Everton, comovidos com sua história.

Toni, porém, exibiu um comportamento estranho durante a cerimônia, especialmente quando um vídeo de seu pai, que de fato morrera de câncer pouco antes do casamento, foi exibido. De acordo com relatos, ela contava piadas e dava gargalhadas momentos após a mensagem.

As atitudes da mulher levantaram suspeitas, e eventualmente ela admitiu a farsa a um grupo de amigas, que gravou a conversa por telefone. “Sinto muito por isso. Estou envergonhada e com o coração partido. Agora, estou sofrendo”, disse.

Denunciada, Toni se declarou culpada de fraude. A Justiça inglesa condenou a mulher a cinco meses de prisão e ordenou que ela devolva a doação de 2 mil libras (cerca de R$ 14 mil) feita por um empresário local.