Mercado fechado

Mulher é atacada e morta por bando de javalis nos EUA

O corpo de Christine Rollins foi localizado perto da casa onde trabalhava como cuidadora. (Foto: Reprodução)

Uma mulher morreu após ser atacada por um bando de javalis, no Texas, Estados Unidos. A vítima, Christine Rollins, de 59 anos, trabalhava como cuidadora de uma idosa de 84 anos e foi localizada perto da casa onde trabalhava, em Anahuac, a leste da cidade de Houston.

O xerife do Condado de Chambers, Brian Hawthorne, afirmou à imprensa que "em meus 35 anos de trabalho, foi uma das piores coisas que já vi". O corpo de Christine foi achado na última segunda-feira (25).

Leia também

Quem a encontrou foi a própria idosa após a vítima não aparecer para o serviço, no domingo.

"Não há dúvida para mim de que eram muitos animais, e podemos dizer isso por causa dos tamanhos distintos das mordidas", disse o xerife Hawthorne. Segundo ele, os cães da idosa possam ter afugentado os javalis antes que ela descobrisse o corpo da cuidadora, já que quando a idosa a localizou, os javalis não estavam mais na região.

Ainda segundo o xerife, vizinhos haviam reclamado recentemente da presença de javalis e funcionários do governo teriam, inclusive, instalado armadilhas para tentar capturá-los. A morte será registrada como um “acidente”, sem a tipificação de “homicídio”, já que não houve a participação de qualquer ser humano no crime, especificou o xerife.

"Este é um incidente muito raro. Pela pequena pesquisa que fizemos, encontramos menos de seis casos como esse na nação", completou Hawthorne. Javalis selvagens podem pesar entre 45 kg e 180 kg. Estima-se que a população da espécie no Texas gire em torno de 1,5 milhão de indivíduos.