Mercado abrirá em 5 h 32 min
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,30
    +2,12 (+3,20%)
     
  • OURO

    1.788,20
    +11,70 (+0,66%)
     
  • BTC-USD

    57.029,39
    +765,89 (+1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.466,52
    +23,75 (+1,65%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.741,32
    +266,06 (+1,13%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.394,75
    +244,25 (+1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3929
    +0,0229 (+0,36%)
     

Mulher é agredida, xingada e tem o carro quebrado por motorista em fúria após batida leve no DF; vídeo

·1 min de leitura
taguatinga1.png

RIO — Uma mulher de 25 anos manobrava o carro para deixar um posto de gasolina, no último domingo (24), na Avenida Hélio Prates, em Taguatinga (DF), quando, sem querer, acabou encostando levemente num veículo que estava logo atrás. A personal trainer Paula Ferreira de Paiva só percebeu ao ser abordada pelo outro motorista, um homem de 40 anos. Houve uma pequena discussão, mas ela deixou seu telefone para contato, para que fosse sanado qualquer prejuízo. Em seguida, deixou o local. O que ela não imaginava era que seria perseguida e, logo na esquina, ao parar num sinal de trânsito, surpreendida pelo mesmo homem, em estado de fúria.

Parentes que estavam com a jovem registraram a ação em vídeo. O homem xinga a mulher, sobe descontrolado sobre o carro dela e pula sobre capô, para-brisa — que acaba quebrado — e pelo teto do veículo. Na gravação é possível ouvir os gritos de desespero da vítima. Testemunhas contaram ainda que, além das agressões verbais e psicológicas, ela foi agredida fisicamente, com puxão no braço.

O caso, que aconteceu às 10h50 da manhã de domingo, foi parar na delegacia. Os dois foram levados à 12ªDP (Taguatinga), onde ele foi indiciado por lesão corporal, injúria e dano. O agressor chegou a ser detido, mas pagou uma fiança de R$ 5 mil e foi liberado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos