Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    +0,25 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -3,70 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    19.160,72
    -133,92 (-0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,93 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,89 (-1,84%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    +22,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3040
    +0,0060 (+0,11%)
     

Mudança do INPC reduz aposentadorias; veja valores

Governo alterou previsão do INPC, taxa inflacionária utilizada para corrigir os valores da aposentadoria
Governo alterou previsão do INPC, taxa inflacionária utilizada para corrigir os valores da aposentadoria
  • Governo alterou previsão do INPC de 7,41% no ano para 6,54%;

  • INPC é um dos principais índices inflacionários brasileiros;

  • Confira a tabela com os possíveis valores da aposentadoria ano que vem.

Através do boletim Macrofiscal, a Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia alterou a previsão de fechamento do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2022. O valor é utilizado para atualizar a tabela das aposentadorias e benefícios do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

O INPC é um dos principais índices inflacionários brasileiros. A nova previsão de inflação acumulada para 2022 é de 6,54%, tendo sido reduzida dos 7,41% do último relatório da SPE. Por enquanto a taxa ainda é uma previsão com base nos cálculos econômicos da Secretaria de Política Econômica, e pode ser reajustado até o fim do ano de acordo com mudanças na conjuntura econômica brasileira.

Confira a tabela abaixo de como fica a correção nos valores da aposentadoria, com base na nova taxa de reajuste do Ministério da Economia.

  • Reajuste de R$ 1.212 para R$ 1.292;

  • Reajuste de R$ 1.300 para R$ 1.383;

  • Reajuste de R$ 1.500 para R$ 1.596;

  • Reajuste de R$ 2.000 para R$ 2.128;

  • Reajuste de R$ 3.000 para R$ 3.192;

  • Reajuste de R$ 4.000 para R$ 4.256;

  • Reajuste de R$ 5.000 para R$ 5.320;

  • Reajuste de R$ 6.000 para R$ 6.384;

  • Reajuste de R$ 7.000 para R$ 7.448;

  • Reajuste de R$ 7.087 para R$ 7.540.

O governo também pode decidir por atualizar os valores antes do fechamento do ano por meio de uma MP, como forma de enquadrar os gatos dentro do Orçamento, no entanto, caso essa taxa seja menor do que o INPC acumulado do ano, ele precisará rever essa correção.