Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    42.371,97
    +598,35 (+1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Mudança na intermediação financeira vai alterar canal de política monetária, diz Campos Neto

·1 minuto de leitura
Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto

Por Isabel Versiani

(Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, defendeu a agenda de tecnologia da instituição nesta quarta-feira, destacando a importância de se entender as transformações em curso na intermediação financeira para melhor formular a política monetária.

"Uma pessoa poderia perguntar, bom, por que você não está 100% focado em política monetária? Porque o canal de política monetária do futuro não é o canal do presente e eu preciso entender como é que a intermediação financeira vai se desenhar para eu poder fazer a política monetária do futuro", disse Campos Neto em evento da Fenasbac, uma entidade dos servidores do BC.

Questionado sobre qual deverá ser o seu legado ao deixar o BC, Campos Neto disse que o legado da equipe será ter entendido movimentos importantes que estavam acontecendo globalmente e se antecipado.

"Por isso nós antecipamos o projeto do Pix, por isso que nós gastamos muitas horas discutindo coisas de tecnologia", afirmou, acrescentando que sua equipe investiu tempo em projetos que se transformaram em realidade, contribuindo para a democratização dos serviços financeiros e para facilitar a vida das pessoas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos