Mercado fechará em 3 h 18 min
  • BOVESPA

    103.928,74
    +2.013,29 (+1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.457,25
    +758,53 (+1,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,09
    +1,91 (+2,89%)
     
  • OURO

    1.790,60
    +14,10 (+0,79%)
     
  • BTC-USD

    58.439,18
    -301,57 (-0,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.491,57
    +22,49 (+1,53%)
     
  • S&P500

    4.628,45
    +61,45 (+1,35%)
     
  • DOW JONES

    34.835,34
    +351,62 (+1,02%)
     
  • FTSE

    7.140,58
    +81,13 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.334,75
    +184,25 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3741
    +0,0041 (+0,06%)
     

Mudança climática também afeta preços dos mercados agrícolas

·3 min de leitura
Campo de trigo na região tunisiana de Jedaida (AFP/Fethi Belaid)

Os fenômenos meteorológicos extremos são cada vez mais frequentes e provocam agitação nos mercados agrícolas, amplificando a instabilidade e elevando os preços de alguns produtos como trigo, café ou algodão.

"As condições meteorológicas que provocaram tensões no mercado recentemente", declarou à AFP Geordie Wilkes, um investidor de Sucden.

Após uma geada histórica no Brasil em julho, os preços do café arábica dispararam 35% em cinco sessões e desde então permaneceram em um nível máximo, a mais de 2 dólares a libra na ICE Futures US de Nova York.

A seca do início do ano no sudoeste do Canadá e no norte dos Estados Unidos também provocou a disparada dos preços do trigo, que permanace com uma cotação máxima histórica de quase 300 dólares a tonelada de trigo brando no mercado Euronext.

Wilkes acredita que será necessário vigiar cada vez mais estes cenários, sobretudo porque o mais recente relatório do Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas (IPCC) prevê que a frequência dos fenômenos meteorológicos extremos - inundações, incêndios, tufões, secas - vai acelerar.

- Dependência geográfica -

"A frequência deste tipo de evento nos últimos anos nos faz pensar que os preços das matérias-primas agrícolas permanecerão elevados no futuro", afirma Carlos Mera, analista do Rabobank.

A alta volatilidade se amplifica no caso dos produtos básicos que são distribuídos de forma desigual no mundo e que dependem de uma única zona principal de produção, como é o caso do café arábica.

"Por ser cultivado principalmente nas terras altas (do Brasil), onde as condições climáticas podem oscilar mais fortemente e as perdas de safra podem ser mais graves, o café é a matéria-prima agrícola mais propensa a este tipo de problema", afirma Carsten Fritsch, analista do Commerzbank.

A instabilidade dos preços também é mais frequente pelas limitações das ferramentas utilizadas pelos investidores para antecipar as condições meteorológicas nas principais zonas de produção.

"Estamos comprovando que as previsões meteorológicas a curto e médio prazo são menos confiáveis", declarou à AFP um investidor do mercado de café, "pois se baseiam em dados históricos cada vez menos confiáveis".

"Isto adiciona incerteza e contribui para grandes flutuações dos preços", completa, ao citar diferenças de "mais de 10 centavos para o arábica em apenas uma sessão, o que é enorme".

- Efeito dominó -

Alguns produtos agrícolas também são influenciados indiretamente pelos fenômenos meteorológicos mais frequentes e extremos.

Os furacões no Golfo do México este ano, por exemplo, provocaram danos em instalações de petróleo americanas.

O efeito da súbita e inesperada queda da oferta de petróleo do maior produtor mundial, em um mercado já restrito, provocou uma disparada do preço do combustível, o que teve consequências diretas no valor do açúcar.

O aumento do preço do petróleo favorece o uso de cana-de-açúcar para produzir etanol, o que limita a quantidade de açúcar disponível no mercado.

Também afeta o preço do algodão, cuja demanda aumenta diante das fibras sintéticas mais caras.

O preço da libra de algodão permanece próximo de 1,20 dólar, o que não acontecia há mais de 10 anos.

bp/ved/pc/mar/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos