Mercado abrirá em 7 h 53 min
  • BOVESPA

    120.636,39
    -605,24 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.495,41
    -962,61 (-2,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,36
    +0,38 (+0,72%)
     
  • OURO

    1.848,60
    +8,40 (+0,46%)
     
  • BTC-USD

    35.149,25
    -745,01 (-2,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    696,88
    -18,32 (-2,56%)
     
  • S&P500

    3.798,91
    +30,66 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    30.930,52
    +116,26 (+0,38%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.733,48
    +91,20 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    28.498,47
    -134,99 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    13.036,00
    +50,50 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5065
    +0,0079 (+0,12%)
     

MSI deixa escapar data de lançamento dos novos processadores da Intel

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Uma nova publicação reforça os rumores de que a nova geração de processadores da Intel, a Rocket Lake-S, será lançada em março deste ano. A informação veio de um post da conta oficial da MSI no fórum Danawa, da Coreia do Sul.

A Intel já confirmou que a janela de lançamento da 11ª geração de seus processadores será no início de 2021, contudo não apresentou uma data específica. Segundo a publicação no fórum (com tradução automática publicada no Twitter), a nova família seria lançada no final de março.

A informação veio de uma resposta da MSI a um questionamento de um usuário sobre a compatibilidade das placas-mãe da empresa. “A 11ª geração de CPUs da Intel está agendada para lançamento no final de março”, explica a publicação.

A resposta reforça rumores de que os Rocket Lake-S usariam soquete LGA 1200, portanto compatíveis com as placas-mãe e chipsets atuais utilizados pelas CPU Comet Lake-S.

“Atualmente, os figurões da 10ª geração da Intel como as [placas-mãe] H410, B460 e Z490 estão programadas para ser compatíveis também com a 11ª geração de CPUs Intel, sendo que a Z490 será a principal placa a ser atualizada primeiro”, informa a publicação no fórum. Em seguida, a companhia diz que outros modelos de placa, além da Z490, serão atualizadas uma a uma depois do lançamento em março.

Isso significa que um usuário que tenha uma CPU de 10ª geração da Intel não vai precisar trocar de placa-mãe para fazer o upgrade para os Rocket Lake-S. Até o momento, a Intel informou que os novos modelos chegam com arquitetura Cypress Cove, suporte ao PCIe 4.0 e ganho de desempenho IPC de dois dígitos percentuais.

Os modelos da 11ª geração estão sendo fabricados com litografia de 14 nm, 8 núcleos e com desempenho 50% superior no que tange a processamento gráfico. O segredo aqui é a adição das novas GPUs integradas Xe Graphics.

Confira as informações oficiais da Intel até o momento sobre a geração Rocket Lake-S:

  • Nova arquitetura Cypress Cove com arquitetura Ice Lake Intel Core e arquitetura de gráficos Tiger Lake

  • Melhoria de desempenho IPC percentual de dois dígitos

  • Melhor desempenho na comparação geração após geração

  • Até 20 pistas de CPU PCIe 4.0 para maior flexibilidade de configuração

  • Gráficos Intel UHD aprimorados com arquitetura de gráficos Intel Xe

  • Intel Quick Sync Video com melhor transcodificação de vídeo e aceleração de hardware para os codecs mais recentes

  • Novos recursos de overclocking para desempenho de tuning mais flexível

  • Intel Deep Learning Boost e suporte VNNI

A expectativa é de que a Intel revele os novos modelos durante a Consumer Electronic Show (CES) agora em janeiro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: