Mercado fechará em 1 h 53 min

Mozilla Firefox 105 chega com navegação por gestos e melhorias de desempenho

A Mozilla acaba de liberar o Firefox 105 com melhorias discretas para o usuário, mas voltadas para o desempenho do navegador. A principal novidade é a compatibilidade com a especificação User Timing L3, que adiciona argumentos opcionais adicionais ao "performance.mark" e "performance.measure" para otimizar a execução.

A organização melhorou significativamente o desempenho no Windows devido a alterações no modo como o Firefox lida com situações de escassez de memória RAM. Quando o consumo está elevado, o navegador entra em modo de adaptação para evitar travamentos.

A atualização 105 tem como foco melhoria de desempenho no Windows e Linux (Imagem: Reprodução/Mozilla)
A atualização 105 tem como foco melhoria de desempenho no Windows e Linux (Imagem: Reprodução/Mozilla)

Usuários no Linux devem experimentar benefício semelhante, já que muitas máquinas rodando o software livre costumam ser menos parrudas. No macOS, o benefício é para o touchpad, já que o recurso de rolagem ficou mais preciso para evitar toques não intencionais.

O Windows ainda ganhou um atalho para navegação por gestos. Se você usar dois dedos em um touchpad, deslizando-os para esquerda ou para direita, poderá avançar ou retroceder no histórico de sites visitados. Isso já estava em fase de testes antes, mas agora foi ativado por padrão para quem usa o Mozilla em notebooks.

Mais segurança para navegação tranquila

O Firefox 105 corrige quatro vulnerabilidades de segurança consideradas de alta gravidade, duas moderadas e duas baixas. Em uma das graves, a navegação por iframes tinha o recurso FeaturePolicy inicializado apenas parcialmente, o que abria uma brecha de acesso a permissões do dispositivo em subdocumentos não confiáveis.

A navegação por gestos do histórico já existia no Linux, mas chegou agora ao Windows (Imagem: Reprodução/OMGUbuntu)
A navegação por gestos do histórico já existia no Linux, mas chegou agora ao Windows (Imagem: Reprodução/OMGUbuntu)

Outra novidade é no recurso de busca de itens individuais em grandes listas. Segundo os desenvolvedores, o programa consegue pesquisar duas vezes mais rápido do que antes, graças à otimização do SIMD, um método de operação computacional.

Também foi adicionada uma opção de imprimir apenas a página atual na caixa de diálogo de visualização de impressão. Isso já era possível antes, mas era preciso retornar para a exibição anterior.

Se você já tem o Firefox instalado, é só clicar no menu hambúrguer (três traços horizontais) e rolar até a opção Ajuda > Sobre o Firefox. O software deve ser atualizado automaticamente e você poderá desfrutar das novidades assim que reiniciar a execução.

O Firefox 104 veio no mês passado com a promessa de otimizar o consumo de energia. Trouxe também suporte para legendas no modo Picture-in-Picture do Disney+ e melhorias no desempenho em notebooks.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: