Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.576,34
    +686,70 (+1,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Mozilla desiste de receber doações em criptomoedas após crítica de fundador

·2 min de leitura

A organização sem fins lucrativos Mozilla, que toma conta do navegador Firefox, anunciou nesta quinta (6) a suspensão do recebimento de doações em criptomoedas. O método de apoio financeiro foi apresentado em 31 de dezembro nas redes sociais, mas uma forte reação negativa da comunidade estimulada por um dos fundadores do grupo fez a entidade recuar.

A manifestação do cofundador Jamie Zawinski, que já não trabalha na Mozilla desde 1999, aconteceu em um comentário no Twitter, na publicação em que o grupo anunciou o suporte para criptomoedas.

“Olá, tenho certeza de que quem comanda essa conta não tem ideia de quem sou, mas eu fundei @mozilla e estou aqui para dizer f***-** você e f***-** isso. Todos os envolvidos no projeto deveriam estar terrivelmente envergonhados com esta decisão de fazer parceria com golpistas de esquemas de Ponzi que incineram planetas”, disse Zawinski no tuíte.

A opinião dele foi acompanhada por uma série de outros comentários, muitos deles com palavrões, de usuários desacreditados da decisão. A maior queixa da comunidade seria de que, com a medida, a Mozilla estaria colaborando com um modelo de economia insustentável para o meio ambiente.

Mozilla desistiu da ideia

Dada a comoção do público, a Mozilla desistiu da ideia. Em uma nova publicação feita no Twitter, a organização disse que “ouve a comunidade” e que tomará atitudes em torno disso.

“A tecnologia da internet descentralizada ainda é uma importante área que pretendemos explorar, mas muita coisa mudou desde que começamos a aceitar doações em cripto. Sendo assim, começaremos hoje a reavaliar se e como nossa política de apoio com criptomoedas se encaixa com nossos objetivos de preservação do meio ambiente”, explica a Mozilla.

De agora em diante, a organização promete seguir o “espírito do código aberto” e será mais transparente quanto ao assunto. No futuro, o grupo também pretende “ter essa conversa novamente” com a comunidade.

Novamente, Zawinski opinou sobre o assunto, mas sem rever sua crítica. O fundador do grupo se disse satisfeito por ter tido influência na revisão da medida e reiterou que criptomoedas não estão em conformidade com princípios da Mozilla.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos