Mercado fechará em 1 h 53 min
  • BOVESPA

    108.779,53
    +842,42 (+0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.453,89
    -436,70 (-0,86%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,95
    +1,64 (+1,97%)
     
  • OURO

    1.849,00
    +7,30 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    36.964,85
    +2.621,91 (+7,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    839,50
    +18,92 (+2,31%)
     
  • S&P500

    4.333,67
    -76,46 (-1,73%)
     
  • DOW JONES

    34.049,11
    -315,39 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.371,46
    +74,31 (+1,02%)
     
  • HANG SENG

    24.243,61
    -412,85 (-1,67%)
     
  • NIKKEI

    27.131,34
    -457,03 (-1,66%)
     
  • NASDAQ

    14.031,00
    -470,00 (-3,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1756
    -0,0531 (-0,85%)
     

Movimento antivacina encoraja a beber urina para combater covid-19

·1 min de leitura

Integrantes do movimento antivacina dos EUA investiram em uma nova fake news: beber urina para combater covid-19. O caso começou após um vídeo do líder da organização Vaccine Police viralizar. No conteúdo, ele aparece defendendo a prática, que apelidou de "terapia da urina".

O indivíduo em questão é Christopher Key, que recentemente chegou a ser preso por invasão criminosa. No vídeo, o norte-americano defende que beber a própria urina é mais eficaz que a vacina no combate à doença: “O antídoto que vimos agora é a terapia de urina. Eu sei que para muitos de vocês isso parece loucura, mas Deus nos deu tudo o que precisamos", afirma.

No mesmo vídeo, o líder do movimento antivacina revela que tem bebido a própria urina nos últimos 23 anos. Outra substância que faz parte de seus hábitos é o desinfetante, que também protagonizou uma desinformação no início da pandemia — por isso chegamos até a explicar o que acontece se você beber ou injetar desinfetante.

Movimento antivacina dos EUA encoraja a beber urina para combater covid-19 (Imagem: IciakPhotos/envato)
Movimento antivacina dos EUA encoraja a beber urina para combater covid-19 (Imagem: IciakPhotos/envato)

"Temos toneladas e toneladas de pesquisas", menciona o líder do movimento antivacina dos EUA durante o vídeo, referindo-se à prática de beber urina contra covid-19. No entanto, não há evidências científicas de que esse fluido seja eficaz em conter a doença.

Por outro lado, inúmeros estudos científicos ressaltam, dia após dia, a importância da vacinação. No Canaltech, já conversamos com especialistas da área da saúde para entender o que é vacina, para que serve e qual a sua importância. Vale conferir, ainda, a eficácia das vacinas contra COVID-19 aplicadas no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos