Mercado fechará em 5 h 27 min
  • BOVESPA

    109.382,41
    +268,25 (+0,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.105,97
    +297,41 (+0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,08
    +2,37 (+3,09%)
     
  • OURO

    1.644,00
    +10,60 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    20.162,41
    +931,26 (+4,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,77
    +1,63 (+0,35%)
     
  • S&P500

    3.692,13
    +37,09 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    29.501,88
    +241,07 (+0,82%)
     
  • FTSE

    7.014,53
    -6,42 (-0,09%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.465,50
    +149,25 (+1,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1476
    -0,0318 (-0,61%)
     

MovilePay | Fintech que oferece crédito a restaurantes capta R$ 100 milhões

Na última quinta-feira (25) a MovilePay anunciou a captação de R$ 100 milhões através de um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), complementando o valor de R$ 200 milhões arrecadados em agosto de 2021. A MovilePay é uma fintech investida pela Movile, empresa dona do iFood, que viu no mercado a oportunidade para oferecer crédito a restaurantes parceiros do aplicativo.

O montante será utilizado para oferecer crédito a cadeia de restaurantes a partir da Conta Digital iFood – que já possui 300 mil contas abertas. Até o momento, mais de R$ 500 milhões já foram viabilizados para cerca de 20 mil restaurantes no Brasil. A linha de crédito é oferecida pela MOVA, empresa de empréstimos da Movile.

Thomas Barth, COO da MovilePay, diz que o segmento é constituído, em sua maioria, por micro e pequenos negócios. Segundo Barth, o objetivo da fintech é ser o principal parceiro financeiros desses estabelecimentos, onde o capital de giro "é tão importante para a operação". Dessa maneira, a empresa Visa auxiliar na obtenção de crédito de forma "segura, rápida e menos burocrática".

Os planos do iFood para novos mercados

A MovilePay visa auxiliar restaurantes na obtenção de crédito de forma "segura, rápida e menos burocrática" (Imagem: Divulgação/MovilePay)
A MovilePay visa auxiliar restaurantes na obtenção de crédito de forma "segura, rápida e menos burocrática" (Imagem: Divulgação/MovilePay)

O CEO do iFood, Fabricio Bloisi, disse em uma entrevista exclusiva para a NeoFeed sobre os planos do iFood para novos mercados. Com a sua aquisição pela Prosus, a empresa prevê uma aceleração em duas direções: mercado e fintech.

No mercado, o iFood quer aumentar o número de categorias de produtos e a abertura de dark stores – minicentros de distribuição e armazenamento de produtos. Já sobre fintech, o iFood planeja aumentar sua carta de crédito e expandir sua atuação na área de benefícios, em que seu vale-refeição já conta com 650 mil usuários.

Ainda segundo Bloisi, sua ambição é de transformar o iFood em um grande ecossistema, como os chineses Alibaba e Tencent. "Aqui no Brasil, espero que tenha dois ecossistemas: o Mercado Livre e o iFood. A minha estratégia é oferecer e fazer mais coisas", afirma.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: