Motorola Razr é ótima opção para quem procura smartphone rápido e com bateria de longa duração

Yahoo! testou o novo celular da Motorola, que chega como concorrente de peso ao Iphone 5 e ao Galaxy S3

Primeiro smartphone a usar o chip intel na América Latina, o Razr coloca a Motorola numa posição confortável no mercado brasileiro de telefonia celular. Lançado no Brasil no dia 4 de outubro deste ano, a princípio, ele não chama tanta atenção, pois o design é igual aos seus principais concorrentes. A vantagem no seu visual é o acabamento em alumínio aeronáutico, que é resistente a riscos. Além disso, basta ligar o aparelho para nos encantar com suas principais virtudes.

Leia também:
Samsung Galaxy S3 assume liderança no mercado de smartphones

Novo celular da Motorola é concorrente de peso ao Iphone 5 e ao Galaxy S3
Microsoft vai encerrar Windows Live Messenger, unindo-o ao Skype
Samsung apresenta versão mini de seu popular Galaxy S3

Notebooks e ultrabooks a partir de R$ 500

A qualidade da imagem (4,3 polegadas; 540 x 960 pixels em full HD) e a velocidade do Razr aparece no primeiro clique, mostrando que a intel faz mesmo a diferença. Um ponto negativo notado inicialmente é o encaixe para o chip das operadoras brasileiras. Ele é menor que o padrão atual. É necessário pedir um especial na sua operadora para usar no smartphone da Motorola. Esse desconforto é inicial, pois esse tamanho menor será padrão em breve.

Com o sistema android, bastou registrar o e-mail e senha para que ele reconhecesse meus aplicativos e já instalasse automaticamente tudo no Razr. Para testar a durabilidade da bateria (2.000mAh), vários aplicativos foram abertos e usados ao mesmo tempo (inclusive um site para assistir filmes online) e o resultado foi impressionante. Nenhum aplicativo travou, o filme carregou rápido e a bateria só descarregou após 20h de uso contínuo. O armazenamento interno é de 4,8GB podendo ser expandido com cartões de memória microSD.

Para ligar a câmera traseira do Razr basta apertar o botão na lateral do aparelho. Em um segundo ela já está pronta pra tirar fotos em oito megapixels, com zoom digital, foco automático e flash em LED. Ela também grava vídeos em FullHD. Com o disparo automático ela é capaz de tirar até 10 fotos por segundo. O único ponto negativo da câmera é a impossibilidade de tirar fotos panorâmicas (é necessário instalar um aplicativo esse tipo de imagem).

Concluindo, o Razr é uma ótima pedida para quem quer um smartphone de alta qualidade e com uma bateria realmente duradora. Ele tem potencial para ganhar uma boa fatia do mercado de telefonia celular e conquistar usuários que procuram uma boa alternativa entre o Iphone 5 e o Galaxy S III. O preço do novo aparelho da Motorola fica em torno de R$ 1,3 mil.

Veja as especificações técnicas do modelo

Carregando...